INUSITADA: Escola rifa porco, ovelha e até faisão para melhorar estrutura em Blumenau


Bicicleta e vale-compra são prêmios tradicionais de uma rifa, mas encontrar na lista dois porcos, uma ovelha, um coelho, dois casais de garnizé e seis bandejas de ovos é, no mínimo, inusitado. Pelo quarto ano consecutivo, a Escola Isolada Municipal Bilíngue Alves Ramos, localizada na zona rural do bairro Itoupava Central em Blumenau, realiza a rifa da fazendinha.

A ação entre amigos neste ano arrecada recursos para a conclusão da sala de música e a instalação de um espaço multissensorial aos alunos. Este espaço beneficiará principalmente o desenvolvimento dos alunos autistas e das crianças com déficit de atenção. Atualmente, a Escola atende 136 alunos dos anos iniciais.

Com mais de 100 itens,a rifa só chegou a este tamanho com o apoio de mais de 40 empresários e das famílias dos próprios alunos que doaram itens ao sorteio. O primeiro prêmio é uma diária em hotel em Balneário Camboriú. Os dois porcos, com aproximadamente um ano de idade, foram doados por famílias de alunos do quarto e quinto anos.

Publicidade

O sorteio será realizado nas dependências da escola no dia 5 de Julho. Além dos itens inusitados, há ainda outros prêmios atrativos como almoços em restaurantes típicos de Blumenau e Balneário Camboriú, vale-gás, churrasqueira, sanduicheira, bicicleta infantil, uma obra de arte e diversos serviços estéticos.

A diretora da escola está confiante na quantidade e variedade de produtos para arrecadar o valor necessário. “A criação desta área sensorial é algo que buscamos há muito tempo. Nós vamos construir como se fosse um tapete vivo, com diversas texturas, terra, pedras, colocar um pequeno lago. Este tapete vai ajudar no desenvolvimento dos nossos alunos, inclusive ajudar na parte emocional.”, explica Joseane Pitz Kock.

Cada número da rifa custa apenas 1 real, e a folha é vendida por 20 reais. Interessados podem adquirir os números pela internet, entrando em contato pelas redes sociais da escola no @alvesramosbilingue ou pelos telefones (47) 3381-6540 e (47) 98861-4644.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.