Indígenas e PM entram em confronto após governo decidir fechar a maior barragem de SC


Após a decisão do governo de Santa Catarina, na noite de sábado (7) de fechar as duas comportas da Barragem Norte de José Boiteux, a maior de contenção de cheias do estado a polícia e alguns integrantes do povo Xokleng entraram em confronto por causa da decisão na manhã deste domingo (8).

A barragem está localizada em território indígena no Vale do Itajaí.

Segundo o Corpo de Bombeiros, três indígenas foram baleados e encaminhados ao hospital pelo helicóptero Arcanjo. O estado de saúde deles não foi divulgado.

Publicidade

Alguns integrantes do povo Xokleng são contrários ao fechamento da barragem, pois segundo eles isso provocaria a inundação do território e, consequentemente, o alagamento de residências nas aldeias mais baixas.

Uma audiência sobre a situação, será realizada neste domingo, com representantes da Funai, da aldeia indígena, além do governo estadual, União e Ministério Público Federal.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.