Incêndio no Parque Nacional da Serra do Itajaí está oficialmente extinto


O incêndio no Parque Nacional da Serra do Itajaí, entre Guabiruba e Botuverá, está extinto. De acordo com o presidente da Assepavi (Associação de Ecoturismo, Preservação e Aventura do Vale do Itajaí), depois das chuvas que caíram entre quinta e sexta-feira da semana passada, as equipes decidiram deixar o combate por falta de segurança.

As cinzas formaram uma espécie de lama que tornou o local escorregadio. Além disso, os brigadistas também precisavam de um dia de descanso e recuperação. Somente duas pessoas permaneceram no local do acampamento fazendo a guarnição dos equipamentos.

Na manhã de sábado, quando a chuva deu uma trégua na região do parque, as equipes retornaram ao local para averiguar a situação. Desde a semana passada, o trabalho contou com o apoio de brigadistas do Parque Nacional Serra dos Órgãos (PARNASO), no Rio de Janeiro, que têm experiência no combate a incêndios florestais.

Publicidade

Mesmo com a chuva, três focos foram detectados e um novo combate seguiu até por volta das 17h quando o incêndio foi finalmente extinto. Um sobrevoo com o helicóptero Arcanjo foi realizado para conferir se realmente não havia mais fogo. No domingo, 7, a equipe do PARNASO fez uma nova averiguação aérea em helicóptero do Corpo de Bombeiros não sendo encontrado nenhum foco nem de fogo, nem de fumaça.

O helicóptero deu ainda apoio para a remoção dos galões de água que estavam na base e também no transporte de alguns brigadistas para fora do parque. Alimentos, lixo e outros itens do acampamento foram retirados da mata pela parte da equipe que fez o trajeto de volta a pé.

Na manhã desta segunda-feira, 8, uma última visita foi feita ao local para novo monitoramento e o incêndio foi oficialmente declarado extinto. Os que participaram da operação de combate ressaltam a importância do trabalho em conjunto. Estiveram na operação a Coordenação de Prevenção e Combate a Incêndios do ICMBio, Assepavi, Brigadistas do Parque Nacional de São Joaquim/SC, Parque Nacional da Serra dos Órgãos/RJ, Núcleo de Gestão Integrada Antonina-Guaraqueçaba/PR, prefeituras de Botuverá e Guabiruba, Bombeiros Militar de Santa Catarina-Brusque, Companhia de Operações Aéreas BM, Defesa Civil, IMA através da Reserva Biológica Canela Preta e voluntários.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.