Impunidade: comerciante não quis representar contra homens que lhe assaltaram


BATALHAO
Foto: Portal ODV

Enquanto uns reclamam da impunidade que rola solta no Brasil em todas as esferas, outros, mesmo que inconscientemente, acabam por fomentá-la. Na tarde hoje, segunda-feira (27), um assalto mobilizou grande parte do aparato policial brusquense. O crime ocorreu numa padaria localizada na Rua Sete de Setembro, Bairro Santa Rita. De acordo com as informações iniciais, repassadas pela Polícia Militar, dois bandidos entraram no estabelecimento, um deles com um facão, anunciaram o assalto e levaram uma quantia ínfima de dinheiro.

Uma pessoa que presenciou toda a cena acabou ligando para a Polícia Militar, através do número de emergência, 190. A PM iniciou rondas e conseguiu localizar os suspeitos do crime que acabara de acontecer. Tudo bem até aí. Não contavam os homens do lado certo da lei que o comerciante seria conivente com o ato criminoso dos assaltantes. Ocorre que ele não quis representar contra ambos. Restou aos agentes liberar os dois, que estão livres para roubar, matar ou praticar qualquer outro crime.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.