Hospital Azambuja implanta sistema ‘TeleCardio’ IA para diagnóstico de pacientes cardíacos

Inovação foi implantada no Ambulatório e Pronto Socorro e deve ser expandida para os demais setores da instituição


O Hospital Azambuja inova mais uma vez ao implantar em seu Ambulatório e Pronto Socorro o ‘TeleCardio’, um sistema de inteligência artificial da farmacêutica Boehringer Ingelheim e da Neomed, que tem por objetivo diagnosticar com mais celeridade e garantir maior segurança no tratamento de pacientes que chegam à instituição com sintomas cardíacos.


O ‘TeleCardio’ conta com um suporte remoto por meio de aplicativo, que permite a troca de informações em tempo real entre médicos de hospitais cadastrados e um grupo de especialistas, que fornecem orientação à distância para sanar dúvidas sobre cardiologia de emergência. A inovação foi lançada pela farmacêutica ainda no ano de 2020, diante dos primeiros meses da Covid-19, inspirados em um outro sistema da própria Boehringer, o ‘TeleStroke’, para o manejo de pacientes com acidente vascular cerebral (AVC).


De acordo com o médico internista Dr. Antônio Lanna, coordenador da enfermaria de Clínica Médica, o sistema foi iniciado pelo pelos setores de Ambulatório e Pronto Socorro (PS), mas será expandido futuramente para toda a instituição. “Através deste novo sistema, os eletrocardiogramas são transmitidos para a plataforma digital ‘TeleCardio’, que faz uma triagem por inteligência artificial em até um minuto com especialistas, sendo que caso o exame esteja anormal, ele recebe uma avaliação em até cinco minutos de um cardiologista, ou em até dez minutos se estiver normal. Isso faz com que em até cinco minutos o paciente que chega com algum problema cardíaco, tenha um laudo digitalizado, emitido por um cardiologista e fornecido para o médico da emergência poder tomar a conduta adequada”, explica.

Publicidade


O gestor hospitalar Gilberto Bastiani ressalta que a inovação trata-se de uma busca constante da administração, trazendo cada vez mais tecnologia aos pacientes que chegam no Azambuja. “Acreditamos que é um investimento necessário para auxiliar no diagnóstico das pessoas que aqui chegam, acometidas por sintomas cardíacos. Além disso, a implantação do ‘TeleCardio’ acontece no momento em que estamos prestes a abrir a Hemodinâmica do hospital, ou seja, é mais um sistema que auxiliará neste e nos demais setores”, comenta.

Benefícios para pacientes e equipes
Dr. Lanna revela que os benefícios de ter o sistema à disposição são tanto para os pacientes, quanto para as equipes. “Os pacientes têm um diagnóstico eletrocardiográfico adequado e seguro, e com isso as equipes adotam o melhor tratamento, diminuindo a taxa de mortalidade. Conseguimos direcionar os pacientes de maneira mais rápida para os procedimentos, como cateterismo, por exemplo, e os que não tem nenhum problema e não precisam de tratamento, conseguimos ter mais segurança na hora de dar alta médica”, comenta.
Além disso, outro benefício importante do sistema é o armazenamento do histórico de eletros do paciente em um arquivo digital, eliminando todos os exames anteriores em papel.


Segundo Dr. Lanna, com a implantação do ‘TeleCardio’ foram reestruturados todos os protocolos de dor torácica no PS e Ambulatório, a fim de dar as melhores opções para os pacientes que procuram o hospital. “É um trabalho em conjunto e já tivemos 50 pacientes colocados nessa plataforma em apenas uma semana. Assim que estiver tudo adequado, este número vai aumentar muito e a qualidade com que atendemos os pacientes, será diferenciada”, projeta.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.

O Olhar do Vale é um jornal digital que traz notícias de Brusque, Guabiruba, Botuverá e  região do Vale do Itajaí.

Somos um portal de notícias dedicado aqueles que buscam informação de qualidade,  jornalismo com verdade.