Homem é detido após perseguição e desacato a policiais

Homem proferiu palavrões a polícia militar


Por volta das 13h30 deste domingo(20) em rondas a PM, se deparou com um veiculo FIAT/UNO MILLE, a guarnição tinha conhecimento, por meio de denúncia, que o condutor estava traficando na cidade, sendo assim, a guarnição se aproximou do veículo e emanou ordem de parada que foi completamente desobedecida pelo condutor que empreendeu fuga.

O motorista seguiu dirigindo perigosamente em local habitado onde existem diversas residências e pedestres transitando pela rua, vindo somente a parar em frente sua residência. Quando abordado pelos policiais o homem se mostrou bastante agressivo proferindo diversas palavras de baixo calão para guarnição, palavras do tipo: “vocês só são homens quando estão usando essa farda seus merdas, não são homens de verdade”; e em meio a isso a guarnição ao se aproximar do homem, o mesmo se mostrou resistente e falou que não iria pôr a mão na cabeça e que a PM não iria revistar o seu veiculo.

Foi necessário o uso progressivo da força para, a dado momento, conter o homem.

Publicidade

Segundo a PM o homem é portador de deficiência e a todo o momento ficou se valendo dessa condição para intimidar a guarnição e ao chegar à delegacia de polícia a guarnição, ao abrir a porta de trás onde o mesmo se encontrava detido, recebeu outro chute do autor e para se deslocar até o interior da delegacia de polícia foi ofertado as sua muletas, porém o indivíduo não quis e foi se arrastando..

Em nenhum momento o conduzido foi algemado e só foi utilizado o uso progressivo da força quando necessário. O homem também ameaçou um dos policiais lhe dizendo que gravou muito bem o seu nome em tom de ameaça.

Após revista veicular foi constatado que o cidadão estava em posse de uma compra efetuada num supermercado da cidade e por saber que ele possui diversas passagens sendo uma delas por furto a guarnição resolveu conferir a nota do mercado onde todos os produtos estavam cadastrados e pagos e somente uma carne, picanha, no valor de R$ 90,00 não estava na nota e quando questionado sobre isso relatou que quem efetuou sua compra foi uma mulher e não ele.

A guarnição entrou em contato com o supermercado local que se prontificou a averiguar a procedência da carne. Por fim, o veículo FIAT/UNO MILLE EP foi removido devido às infrações de trânsito e os demais procedimentos de trânsito foram realizados e o homem foi encaminhado para Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis.

O motorista ainda estava com habilitação e documentos do veículo vencidos.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.