Há transmissão comunitária do COVID-19 em Brusque, diz secretário da saúde

“Reforço o pedido para a população que quem puder, fique em casa"


Já é possível afirmar que neste momento, há transmissão comunitária do COVID-19 em Brusque.

A transmissão comunitária é uma modalidade de circulação na qual as autoridades de saúde não conseguem mais rastrear o primeiro paciente que originou as cadeias de infecção, ou quando esta já envolve mais de cinco gerações de pessoas.

Ela difere dos casos importados (quando uma pessoa adquire o vírus em viagens ao exterior) e da transmissão local (quando alguém é contaminado por contato com alguém infectado em outro país). As situações de transmissão comunitária significam que o vírus está mais disseminado, demandando cuidados mais efetivos.

Publicidadelm MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO BRUSQUE

A orientação do Secretário de Saúde de Brusque, Humberto Fornari, é manutenção do distanciamento social para aqueles que necessitam transitar pelas ruas. “Reforço o pedido para a população que quem puder, fique em casa.Esta é a forma mais segura para não pegar o coronavírus. Este é um momento de pensar no coletivo e as atitudes individuais é que farão a diferença”, reforça o médico.

Agora, já são nove os infectados pela doença. A partir de agora, com o credenciamento de laboratórios privados, as confirmações podem ser feitas tanto pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Santa Catarina (LACEN) como por unidades particulares.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.

O Olhar do Vale é um jornal digital que traz notícias de Brusque, Guabiruba, Botuverá e  região do Vale do Itajaí.

Somos um portal de notícias dedicado aqueles que buscam informação de qualidade,  jornalismo com verdade.