Guarda ambiental resgata pitbull e filhotes que sofriam maus tratos


A Guarda Municipal Ambiental de Itajaí atendeu uma denúncia de que animais estavam sendo negligenciados pela tutora, sendo que viviam em local insalubre, sem alimentação e cuidados básicos, e que os filhotes estariam morrendo consecutivamente.

No local a guarnição encontrou a fêmea Pit Bull presa em corrente curta, com indícios de desnutrição, com água suja contendo restos de comida em decomposição submersos, com abrigo precário e inadequado, em local insalubre, com fezes e urina dos próprios animais, em excesso, provocando forte cheiro e grande quantidade de moscas.

Durante o atendimento da ocorrência, enquanto a guarnição tentava localizar à responsável, que estava ausente, um filhote não resistiu às condições e foi a óbito.

Publicidade

O INIS compareceu ao local e resgatou os animais ainda vivos à Unidade de Acolhimento Provisório de Animais. As informações sobre o fato, inclusive os dados da pessoa responsável (que foram obtidos por terceiros) foram repassados à Polícia Civil, para que seja realizada a abertura de inquérito policial contra a autora do crime de maus tratos contra animais.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.