Governador determina fechamento das barragens de José Boiteux e Ituporanga

Foto: Eduardo Valente / GOVSC

Em coletiva de imprensa, da sede da Defesa Civil de Santa Catarina, o governador Jorginho Mello conclamou a população que mora em áreas de risco a buscar abrigo seguro nos municípios afetados pela enchente no estado. O pedido se dá em meio à previsão de mais chuva neste domingo, 8, e aos prognósticos técnicos que apontam que os rios podem atingir níveis expressivos de 14 metros, como em Rio do Sul, no Alto Vale do Itajaí.

“O Estado está unido, fazendo tudo o que pode ser feito, mas, neste momento o pedido é para que as pessoas busquem abrigo seguro, deixem as residências se for preciso. Nós precisamos resguardar o que mais importa, que é a vida das pessoas”, conclama Jorginho Mello.

O governador voltou a pedir que a população se proteja. “É muita chuva em um curto período de tempo. Na próxima quarta-feira, a previsão é de mais chuva, então, estamos diante de um cenário pior do que o previsto, precisamos que as pessoas sigam as recomendações dos órgãos oficiais e preservem, em primeiro lugar, suas vidas”, frisa Jorginho Mello.

Publicidade

Acompanhado dos comandantes-gerais do Corpo de Bombeiros Militar, Fabiano de Souza; da Polícia Militar, Aurélio José Pelozato da Rosa; e do secretário da Defesa e Proteção Civil, coronel Luiz Armando Schroeder Reis, o governador detalhou ações que o Estado vem adotando tanto na antecipação ao evento climático, quanto na pronta resposta à população atingida. Na tarde deste sábado, foi determinado o fechamento da barragem de Ituporanga e de José Boiteux com o apoio da PM.

“Temos ali uma questão indígena que vai ser avaliada e atendida, mas a barragem precisa ser fechada nesse momento para que tenhamos mais uma alternativa para contenção da água”, explica o governador, acrescentando que todas as estruturas do Governo estão mobilizadas, cada uma em sua área de atuação, para minimizar os impactos da enchente que atinge praticamente todo o estado.

O secretário da Proteção e Defesa Civil confirmou a segunda morte no estado desde o começo das fortes chuvas. Desta vez o óbito foi na cidade de Palmeira. Coronel Armando também reforçou que o trabalho conjunto de todos os órgãos do estado ganhou o suporte do Exército Brasileiro. “Nó estamos também acionando além das tropas que são do estado, Polícia Militar e Bombeiros, nós acionamos as Forças Armadas para nos apoiar. O Exército Brasileiro por ter uma estrutura maior aqui em Santa Catarina já se posicionou. O comando da brigada, o general Trindade está em Blumenau com tropas, vieram tropas do Paraná com anfíbios e blindados. Nós temos helicópteros que já chegaram aqui e unidades de engenharia operando”

O comandante-geral da PMSC, Aurélio Pelozato da Rosa, explicou que o momento é de ajuda à população. “A Polícia Militar está mobilizada em todo o estado, nossas aeronaves, nosso efetivo, nossa viaturas. Nós interrompemos a nossa formação, os nossos alunos estão por todo o estado e todo o efetivo de prontidão e mobilizado não só pra medidas de preservação da ordem pública. Agora é um momento de socorro, então nós estamos socorrendo as vítimas e assim que a situação for normalizando a gente passa a intensificar nossas medidas e operações de preservação da ordem pública”.

Já o comandante-geral do CBMSC, Fabiano de Souza, reiterou o pedido do governador Jorginho Mello para que a população atenda às orientações oficiais e se proteja. “Desde a última terça-feira o Estado e o Corpo de Bombeiros já vêm atendendo ocorrências. O Governo do Estado se preparou, os municípios se prepararam e o mais importante: a população catarinense se preparou para o impacto que viria no sábado e no domingo. O mais importante, além de todas as ocorrências que já estão sendo atendidas, todo o apoio que vem sendo prestados aos municípios, o mais importante é que a população se proteja e evite áreas de risco”, pede o coronel.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.