Dois são condenados por estupros ocorridos em 2016 em Brusque

Foto: divulgação -

Foto: divulgação -
Foto: divulgação –

Brusque – A Comarca de Brusque julgou e condenou, durante esta semana, o casal Dirlei Adriana Vargas, de 23 anos de idade, e Antônio Zager, vulgo Tonho, de 41. Ambos foram sentenciados a nove anos, sete meses e seis dias de reclusão em regime fechado pelo crime de estupro a vulnerável. Contra eles, recaia a acusação de aliciarem e abusarem sexualmente uma adolescente de 17 anos de idade, além da tentativa de aliciamento de mais uma jovem, desta vez sem êxito.

Relembre: “Casal é preso suspeito de aliciar e estuprar adolescentes“;

Adriana ainda responde pela acusação de falsa comunicação de crime, já que, no ano de 2016, ela esteve na Delegacia de Polícia Civil de Brusque para denunciar um suposto estupro coletivo. Porém, no decorrer do procedimento policial, foram coletadas provas robustas de que ela não havia sido vítima de violência sexual. Pelo contrário: havia, em conluio com Tonho, praticado por três vezes os crimes de estupro e aliciamento.

Publicidade

por Wilson Schmidt Junior

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.