Dezembro Laranja: Secretaria de Saúde realiza mutirão de avaliação dermatológica

Ação ocorre no dia 03 de dezembro, na Policlínica, no segundo andar. O atendimento será das 9h às 12h

Foto: Freepik

A campanha Dezembro Laranja foi criada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), com o objetivo de prevenir o câncer de pele, esse ano, tem como lema: “Não espere até sentir na pele”. Em Brusque, a Secretaria de Saúde, por meio do Departamento de Especialidades realizará, no sábado, dia 03 de dezembro, um mutirão de avaliação dermatológica, na Policlínica, no segundo andar. O atendimento será das 9h às 12h.

A dermatologista, que atende na Rede Municipal de Saúde, Ana Kris S. Sommariva explica como vai funcionar a ação. “A campanha vai funcionar por meio de avaliações dermatológicas voltadas para a identificação de lesões suspeitas de câncer de pele na população de Brusque e região”.

Ana destaca que serão seis dermatologistas, todos voluntários. “Contaremos também com a participação de acadêmicos da liga de dermatologia do curso de medicina da Unifebe. Nos casos que forem identificados câncer de pele e que podem aguardar, serão agendados para cirurgia na própria Policlínica, no decorrer do ano de 2023. Casos que não podem aguardar, como os de melanoma, serão agendados ainda para este ano”.

Publicidade

Na última campanha, antes da pandemia, em 2019, foram 298 atendimentos, com a identificação de mais de 40 casos suspeitos.

Confira os sintomas e o métodos de prevenção, conforme a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD):

Sintomas:

  • Uma lesão na pele de aparência elevada e brilhante, translúcida, avermelhada, castanha, rósea ou multicolorida, com crosta central e que sangra facilmente;
  • Uma pinta preta ou castanha que muda sua cor, textura, torna-se irregular nas bordas e cresce de tamanho;
  • Uma mancha ou ferida que não cicatriza, que continua a crescer apresentando coceira, crostas, erosões ou sangramento.

Medidas de proteção:

  • Usar chapéus, camisetas, óculos escuros e protetores solares.
  • Cubra as áreas expostas com roupas apropriadas, como uma camisa de manga comprida, calças e um chapéu de abas largas.
  • Evitar a exposição solar e permanecer na sombra entre 10 e 16 horas (horário de verão).
  • Na praia ou na piscina, usar barracas feitas de algodão ou lona, que absorvem 50% da radiação ultravioleta. As barracas de nylon formam uma barreira pouco confiável: 95% dos raios UV ultrapassam o material.
  • Usar filtros solares diariamente, e não somente em horários de lazer ou de diversão.
  • Utilizar um produto que proteja contra radiação UVA e UVB e tenha um fator de proteção solar (FPS) 30, no mínimo. Reaplicar o produto a cada duas horas ou menos, nas atividades de lazer ao ar livre. Ao utilizar o produto no dia a dia, aplicar uma boa quantidade pela manhã e reaplicar antes de sair para o almoço.
  • Observar regularmente a própria pele, à procura de pintas ou manchas suspeitas.
  • Manter bebês e crianças protegidos do sol. Filtros solares podem ser usados a partir dos seis meses.
  • Consultar um dermatologista uma vez ao ano, no mínimo, para um exame completo.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.