Delegados da Regional e DIC de Brusque decidem entregar seus cargos


O Delegado Regional Fernando Di Faveri e o Delegado responsável pelo Departamento de Investigações Criminais (DIC) Alex Bonfim Reis resolveram deixar seus cargos à disposição em função de se opor a maneira com que o Governo de SC tem tratado a categoria.

A atitude se deu após a Associação de Delegados de Polícia de Santa Catarina anunciar em uma rede social que os responsáveis por cargos estratégicos dentro da polícia tomaria tal atitude. Os policiais, segundo a associação, lutam por um projeto previdenciário justo.

A Reforma da Previdência em Santa Catarina foi aprovada pela Assembleia Legislativa na última quarta-feira (4).

Publicidade

Confira a postagem:

Uma instituição de 209 anos de história, com grandes serviços prestados ao povo catarinense, merece respeito e compreensão por parte dos legisladores do Estado. Entretanto, a luta dos policiais civis de Santa Catarina por um projeto previdenciário justo e concordante com as atribuições da categoria da Segurança Pública Civil chegou ao limite.

A falta de empatia do Governo do Estado é evidente, e por conta disso, após intensa movimentação envolvendo os associados da ADEPOL-SC, decidiu-se em assembleia extraordinária uma medida histórica: 86 Delegadas e Delegados, originários de todas as regiões do Estado, entregaram seus cargos estratégicos. Um movimento sem precedentes na história da Segurança Pública Civil de Santa Catarina, que agoniza pela incerteza e pelo total desrespeito dos legisladores do Poder Executivo estadual.

No mais, outros 331 Delegados anunciaram que não irão exercer nenhuma das funções que ficarão em aberto, por também acreditarem na importância da valorização da Polícia Civil de Santa Catarina, reconhecida nacionalmente pelo seu trabalho em defesa da sociedade catarinense.

A luta de Delegadas e Delegados é por dignidade, respeito e justiça previdenciária.

A quem interessa enfraquecer a Polícia Civil de Santa Catarina?”

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.