Defesa Civil confirma microexplosão em Herval D’Oeste

herval doeste sc
Foto: Divulgação

A Defesa Civil de Santa Catarina confirmou a ocorrência de uma microexplosão em Herval D’Oeste nesta terça-feira, 11. O fenômeno está associado a ventos intensos que chegaram a atingir a casa dos 100 Km/h. A tempestade provocou a queda de árvores pela raiz e o desabamento de um galpão.

Entre o final da madrugada e início da manhã desta terça houve o registro de temporais em grande parte de Santa Catarina. O Grande Oeste foi a região mais atingida.

“O mau tempo já está afetando SC com chuva e ventos fortes. As regiões mais atingidas até agora são Oeste e Meio Oeste. Na minha cidade, Herval d’Oeste, a situação é de tristeza e preocupação. O Governo segue monitorando a situação e está preparado para a pronta-resposta a estas situações. É fundamental que a população se mantenha informada sobre os alertas emitidos pela Defesa Civil e se proteja”, disse o governador Jorginho Mello.

A equipe de meteorologistas da Defesa Civil de Santa Catarina, indica a passagem de uma supercélula, embebida em uma linha de instabilidade, que ocasionou uma microexplosão sobre a cidade de Herval D’Oeste, sendo esta a causadora das ocorrências relatadas na cidade.
FOTOS: Monitoramento / Defesa Civil SC
Publicidade

No Grande Oeste do estado, o deslocamento de uma linha de instabilidade ocasionou chuva intensa em curto período de tempo, incidência de raios, fortes rajadas de vento e queda de granizo, que resultaram em alagamentos, destelhamento de casas, quedas de árvores, de postes de energia e danos associados à queda de granizo em algumas cidades. Além de Herval D’Oeste, as cidades de Maravilha, Saudades, Piratuba, Cordilheira Alta, Nova Erechim e Pinhalzinho também registraram danos.

Fotos de relatos de ocorrências (destelhamentos em Saudades e alagamento em Maravilha) do início da manhã desta terça-feira (11).

Imagens do radar meteorológico de Chapecó, produto Refletividade (dBz), entre às 06h18 até às 07h06 hora local, do dia 11/07/2023. Fonte: Defesa Civil de Santa Catarina.

A Nota Meteorológica que confirmou as ocorrências é assinada pelo Meteorologista-chefe Felipe Theorodovitz e o meteorologista: Victor Meireles. Eles analisaram o tempo severo na manhã de terça-feira, 11/07, no Oeste de Santa Catarina

Imagem do radar meteorológico de Chapecó, produto SWI, às 07h hora local, do dia 11/07/2023 com indicativo de microexplosão. Fonte: Defesa Civil de Santa Catarina.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.