CRAS de Guabiruba promove entrega de cordões de girassóis para pessoas com deficiências ocultas


Nesta quinta-feira, 21, às 19h, o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Guabiruba realizou um evento de entrega de cordões de girassóis para as famílias acompanhadas pela AMA (Associação de Pais, Profissionais e Amigos dos Autistas de Brusque e Região) e pela APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais). A cerimônia aconteceu na Câmara de Vereadores e contou com a presença de 26 das 67 famílias convidadas. Após a entrega dos cordões, um delicioso café foi servido aos participantes.

Parceria com entidades

Esta ação tem como principal objetivo promover a prevenção de mal-entendidos e, ao mesmo tempo, proporcionar maior tranquilidade e segurança tanto para os usuários dos serviços como para os prestadores de assistência. Com a utilização dos cordões de girassóis, não deve ser mais necessário explicar ou solicitar direitos, uma vez que o símbolo representa uma conexão direta com as entidades envolvidas. “Com ele teremos a interpretação do novo olhar para as pessoas com deficiência, onde qualquer vitória nessa comunidade é incrível. É muito simbólico fazer essa distribuição dos cordões no Dia da Pessoa com Deficiência. Além do destaque da parceria realizada dos órgãos com a assistência social e o setor público. Onde barreiras estão começando a ser quebradas, como na data de hoje”, afirma a presidente da AMA Márcia Faria.

Publicidade

É importante ressaltar que o uso do cordão de girassóis é opcional e não substitui a apresentação de documentos comprobatórios quando solicitados. No entanto, essa iniciativa visa criar um ambiente mais acolhedor e inclusivo para as famílias acompanhadas pela AMA e pela APAE, permitindo-lhes identificar-se de maneira mais fácil e rápida nos momentos de interação com os serviços de assistência social. “O movimento de conscientização e da demonstração realizada em eventos como a entrega do cordão de girassol, demonstra a importância das discussões vistas nessas deficiências e a superação dos preconceitos”, complementa o assistente social da APAE, Juliano Ferreira.

O CRAS de Guabiruba reitera seu compromisso com o bem-estar e a inclusão das famílias atendidas e continuará buscando maneiras criativas e eficazes de fortalecer os laços de confiança e segurança entre os usuários e a comunidade de prestadores de serviços. “Tivemos a ideia, com a equipe do CRAS, de fazer algo no dia da pessoa da deficiência (21). E com o surgimento da lei do cordão de girassol, pensamos em fazer uma parceria junto da AMA e da APAE, que é esta solenidade. Estamos gratos com a participação no evento e na entrega dos cordões, demonstrando o trabalho da Assistência Social e o apoio às entidades e famílias”, ressalta Leandro Alfarth, coordenador do CRAS.

O Cordão de Girassol

A Lei Nacional 14.624/2023 foi recentemente promulgada oficializando o uso de fitas com desenhos de girassóis como símbolo de identificação para pessoas com deficiências ocultas e do quebra-cabeça colorido para identificar pessoas com autismo.

Agora, o cordão se tornou um símbolo nacional que auxilia indivíduos com diversas deficiências, como autismo, TDAH, surdez, diabetes entre outras, a exercerem seus direitos legais, incluindo atendimento prioritário.

Mais informações com o CRAS de Guabiruba pelo telefone/WhatsApp 47 3308-3117. Atendimento de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h, na Rua Lageado Baixo, nº 1400, bairro de mesmo nome.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.