COVID-19: Estado recomenda que municípios mantenham ou reabram Centros de Triagem

Centro de triagem - Foto Secom_Prefeitura de Brusque

A Secretaria da Saúde recomendou uma série de ações aos municípios catarinenses em virtude do cenário atual, (presença da variante Ômicron, investigação de outros 58 casos, aumento de hospitalizações decorrentes da influenza e outras necessidades). O ofício da SES direcionado às 295 cidades catarinenses pede reforço na prevenção contra doenças respiratórias e o COVID-19 e aconselha ações para diminuir esse impacto, aumentando a oferta de serviços.

740

“Estamos auxiliando os municípios e buscando formas de amenizar os casos em Santa Catarina. É verdade que temos uma situação mais estável dos números, ainda que não seja a ideal, mas a melhor forma de enfrentar qualquer doença é sempre a mesma: prevenção e qualidade da assistência”, apontou o Secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro.

Dentre as recomendações, está a manutenção do funcionamento dos centros de triagem COVID-19, a ampliação das Unidades Básicas de Saúde (UBS), aumentando o acolhimento das necessidades da população, a possível ampliação de horário de atendimento, aumentar a capacidade técnica (se necessário). Também consta no documento a sugestão de implementar pontos de testagem ampliada com capacidade de realização de testes de antígeno (TR-AG) para detecção de infecção pelo coronavírus e a manutenção do funcionamento dos pontos de vacinação para Covid-19, inclusive com vacinação nas unidades básicas de saúde, para facilitar a aplicação da segunda dose e dose de reforço de todos que estiverem no prazo, além de oferecer a vacina para aqueles que ainda não iniciaram o esquema vacinal.

Publicidade

A SES também indica que as cidades devem considerar a hipótese de infecção pelo vírus Influenza, e sugere aumentar a disponibilidade do antiviral indicado para combater essa doença como também conferir a situação vacinal dos pacientes atendidos.

A secretaria sugere no documento, um reforço na fiscalização por parte dos municípios aos estabelecimentos em geral, inclusive os eventos de grande porte, tendo em vista que o decreto vigente, também responsabiliza o gestor municipal no enfrentamento e prevenção ao coronavírus.

Assim, o Estado visa reforçar ainda mais as medidas preventivas para que possa preservar o bem-estar de todos os catarinenses, diminuindo a curva das infecções.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.

O Olhar do Vale é um jornal digital que traz notícias de Brusque, Guabiruba, Botuverá e  região do Vale do Itajaí.

Somos um portal de notícias dedicado aqueles que buscam informação de qualidade,  jornalismo com verdade.