Concessão do Zoobotânico à iniciativa privada volta ao debate na tribuna da Câmara

Vereadores André Vechi e Alessandro Simas pedem que o governo municipal estude a possibilidade


Em proposta apresentada na sessão ordinária desta terça-feira, 23 de agosto, os vereadores André Vechi (DC) e Alessandro Simas (PP), presidente da Câmara Municipal, defendem que o governo Ari Vequi (MDB) analise a possibilidade de conceder o Parque Zoobotânico à exploração da iniciativa privada. Os parlamentares formalizaram o pleito por meio do Requerimento nº 181/2022, aprovado na mesma reunião.


“Acreditamos que a medida importará em uma valorização ainda maior do espaço, ampliando sua visitação e uso, hoje limitada pela capacidade de investimento do município”, registraram os legisladores na proposição, na qual observam, ainda, que a sugestão “permitirá um redirecionamento de recursos a outras áreas que demandam atenção”.


Na tribuna, Vechi frisou que a estrutura custou aos cofres públicos, nos últimos quatro anos, cerca de R$ 11 milhões, referentes a custeio e despesas com pessoal. “A gente não está falando que o parque não é importante, mas que esse dinheiro poderia ser melhor empregado em áreas deficitárias. Há uma demanda grande de pessoas precisando de benefícios na assistência social, filas de espera para atendimentos, exames, cirurgias e vagas em creches, que poderíamos estar comprando com esse recurso”, argumentou.

Publicidade


Ele disse que empreendedores com capacidade de investir até R$ 15 milhões já sinalizaram interesse em assumir a gestão do Zoobotânico. “Um equipamento dessa natureza e porte seria muito melhor gerido na mão na iniciativa privada”, opinou. “Faço um apelo ao governo para que encaminhe um projeto para que a gente possa discutir essa questão com mais embasamento. Tenho certeza de que [a concessão] vai atrair mais investimentos, [o parque] vai ter uma gestão mais eficiente e, sem dúvidas, seria muito mais atrativo do ponto de vista turístico”.


Não é a primeira vez que o parlamentar levanta esse assunto na casa legislativa. Em fevereiro de 2021, Vechi se pronunciou sobre a concessão do Zoobotânico e mais três espaços públicos de Brusque.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.