Comunidade Nossa Senhora de Lourdes celebra padroeira e Dia Mundial dos Enfermos


A Comunidade Nossa Senhora de Lourdes, no bairro São Pedro, celebra neste final de semana, o Dia da Padroeira e, também, o Dia Mundial da Saúde. O tríduo inicia nesta quinta-feira, 10 de fevereiro, com missa às 19h na capela. No local também haverá venda de cachorro-quente e de pastel, a partir das 17h.


“Com muito zelo nossa Comunidade está preparando esta festividade, nos dias 10, 11 e 12 de fevereiro, com missas celebradas às 19h. Nesta quinta-feira, nossos convidados são as demais Comunidades da Paróquia. Já amanhã, Dia Mundial dos Enfermos e de Nossa Senhora de Lourdes, nossa missa será paroquial e, já a partir das 8h, haverá venda de nossa tradicional cuca e cachorro-quente. E, a partir das 17h, a venda de pastel”, conta o coordenador da Comunidade Nossa Senhora de Lourdes, Johnni Vander Possamai.


No sábado, 12 de fevereiro, haverá bênção e carreata pelas ruas da comunidade, com saída da capela, às 13h. A partir das 15h já acontece a venda de pastel e cachorro-quente, seguida pela missa com a presença dos festeiros, às 19h. Logo após, será servido galeto com maionese e salada, que poderá ser retirado ou consumido no local.
“Como forma de agradecimento às pessoas de nossa comunidade, que estão se dedicando para o êxito dos festejos, convidamos a todos para prestigiar o evento e pedir a intercessão de Nossa Senhora de Lourdes para suas famílias, com muita saúde e felicidade”, reforça o coordenador.

Publicidade

Saiba mais
Santa Bernadete teve o privilégio, em vida, de receber a aparição de Nossa Senhora, na gruta de Lourdes, na França, em 1858. Desde então, aquele lugar se tornou uma fonte de bênçãos para o povo, principalmente para os doentes.
Lá, não são poucos os que ali praticam a caridade, no atendimento de peregrinos. “A exemplo de Lourdes, nós também recorremos à Nossa Senhora da Gruta, pela saúde de nossos entes queridos. Para nós, 11 de fevereiro, é dia de rezar à nossa Padroeira, lembrando das pessoas enfermas e de seus cuidadores, pedindo graças e curas para o corpo e espírito”, diz Johnni.
Segundo ele, “a comunidade se reúne, não só para os festejos populares, que nos alegra e anima, mas principalmente para rezar, pedir e agradecer as bênçãos derramadas por intercessão de Nossa Senhora de Lourdes”.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.