Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes registra crescimento de 34% durante o mês de julho


O Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes registrou durante o mês de julho, um crescimento de 34% na movimentação de toneladas, em relação ao mesmo período do ano anterior. Foram movimentados no seguimento de cargas contêinerizadas 143.750 TEU’s (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés), e alcançados 1.642.844 toneladas.

As importações no Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes, destacaram-se com um crescimento mais substancial, destacando na movimentação de contêineres cheios de importaçãoum número total de347.845 TEU’s contra 216.305 TEU’s no mesmo período do ano anterior, obtendo um crescimento de 61%. Nos contêineres cheios de exportação os números correspondem a 391.468 TEU’s contra 323.442 no ano passado, apontando um crescimento de 21%. Durante o período de janeiro a julho deste ano, as exportações representaram 53% dos contêineres cheios, e importações com 47%.

“A movimentação de julho no complexo portuário, se manteve dentro do padrão que verificamos durante o primeiro semestre de 2021, e, agora iniciamos o segundo semestre com uma movimentação expressiva novamente, principalmente no segmento de cargas de contêineres. Em termos de movimentação geral do terminal foram movimentados no mês de julho 143.750 TEU’s, esses números contribuíram para que a movimentação acumulada atingisse 957.948 TEU’s, demonstrando um crescimento de 24%. No segmento de contêineres cheios, o acumulado de janeiro a julho deste ano, somaram 739.313 TEU’s contra 539.747 no mesmo período do ano anterior, resultando em um crescimento de 37%”, afirma Heder Cassiano Moritz – Diretor Geral de Operações Logísticas.

Publicidadelm MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO BRUSQUE

A movimentação registrada no Porto de Itajaí (cais público e área arrendada -APM Terminals), durante o mês de julho correspondem a 509.342 toneladas com 36 atracações de navios, elevando a movimentação anual para 3.651.307 toneladas, constatando um patamar de 9% em comparação ao mesmo período do ano anterior. No segmento de cargas contêinerizadas, o comparativo anual na margem direita do rio, aponta um crescimento de 6% em relação a quantidade de TEU’s.

“O porto público com sua arrendatária cresceu em 6%. É um excelente número porque nós temos uma altíssima taxa de ocupação, e é justamente por isso que precisamos passar por um processo de expansão. Mas esse crescimento de 6%, demonstra que a operação da movimentação de cargas, vem sendo mês após mês aprimorada, agilizada, o que tem permitido mesmo com a falta de espaço, haver esse crescimento significativo”, ressalta o Superintendente do Porto de Itajaí, Fábio da Veiga.

O prefeito de Itajaí Volnei Morastoni, ressalta o frequente aprimoramento do complexo portuário, e relaciona a movimentação de toneladas com um provável crescimento constante: “Há algum tempo, o Porto de Itajaí está sendo motivo de orgulho e satisfação, não somente para nós itajaienses, mas também para todo o país. Não podemos deixar de enfatizar, o crescimento constante que é registrado nos segmentos da movimentação de toneladas, e na movimentação de cargas. A prova dessas afirmações é constatada através dos índices satisfatórios, que nos fazem acreditar em uma forte tendência de crescimento, e desta forma continuamos nos destacando e progredindo no mercado portuário de Santa Catarina e do Brasil”, afirmou Volnei Morastoni.

No decorrer do mês de julho, 98 navios atracaram no Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes, representando 36 escalas na APM Terminals, 07 no TUP Braskarne, e 01 no TUP Poly Terminais.

TUP PORTONAVE (Terminal Portuário de Navegantes):

O Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes, tonou-se destaque em nível nacional sendo o 2º maior complexo portuário na movimentação em cargas. A ANTAQ (Agência Nacional de Transportes Aquaviários)divulgou em agosto desse ano, a listagem dos cinco maiores portos e terminais no Brasil em movimentação de contêineres, incluindo o terminal da Portonave. O terminal privado lidera com 9,2% de participação no total movimentado no país, com crescimento correspondente a 42,1%, sendo significativos 91% de navegação de longo curso.

“O segmento portuário teve uma forte expansão e se mostrou resiliente mesmo neste cenário de pandemia. Neste contexto, a Portonave teve um crescimento de aproximadamente 42% e foi o destaque no setor de contêineres segundo a divulgação dos dados estatísticos do primeiro semestre pela ANTAQ. A capacidade instalada e a nova Bacia de Evolução nos deram condições de atender a demanda e como consequência contribuir com a cadeia logística, gerar empregos e fomentar o desenvolvimento. Esperamos que a economia se mantenha forte neste segundo semestre e que possamos continuar contribuindo para que o Complexo Portuário do Rio Itajaí Açu se mantenha em destaque, com eficiência e qualidade nas suas operações”, informa o Diretor Superintendente Administrativo da Portonave, Osmari de Castilho Ribas. 

A movimentação registrada no terminal da Portonave durante o mês de julho, somaram 96.750 TEU’s, elevando a movimentação acumulada do ano para 644.676 TEU’s, sucedendo um crescimento de 37%. Especialmente no segmento de contêineres cheios, o terminal movimentou no mês de julho, 73.529 TEU’s elevando a movimentação anual para 491.831 TEU’s, obtendo um crescimento de 53% em comparação ao mesmo período do ano passadoEm relação a movimentação decontêineres cheios deimportação, o terminal movimentou durante o mês de julho, 31.479 TEU’s elevando a movimentação anual para 226.320 unidades, apontando um crescimento de83%, em comparativo ao ano anterior. Na movimentação de toneladas foram registrados 6.833.881 abrangendo um crescimento de 48%.

“Temos que enaltecer as iniciativas da Portonave, por sempre estar buscando uma modernização nas suas atividades. O aumento de 42% na movimentação, tornou-se expressivo no Brasil e no mundo, este fato, torna-se evidente para as possibilidades que há em Itajaí quanto ao seu processo de expansão. A ampliação é um ponto convergente entre a Autoridade Portuária, o município de Itajaí e os órgãos federais, que tem tratado desse processo. Essa expansão já está planejada e iriamos de 180 mil metros quadrados, para 308 mil metros quadrados, esse é um trabalho que vem sendo feito a alguns anos, através da superintendência. O porto de Itajaí serve de exemplo para os outros portos, pela sua alta movimentação, mas sobretudo pelo seu cuidado, nas suas instalações, a nossa segurança aponta um caminho ideal, o que tem trazido os eventos da CONPORTOS, da Polícia Federal (PF), para serem realizados aqui no Porto de Itajaí, visando que as pessoas conheçam as nossas boas práticas. Certamente o nosso nível de eficiência, está comparado as melhores práticas mundiais, e com o novo processo, eu tenho certeza que esses bons tempos de práticas e exemplos para os demais irão prosseguir por muitos anos”, complementa Fábio.

As exportações no Porto de Itajaí, representaram 56% no mês de julho, e 44% nas importações.

As principais exportações registradas foram o frango congelado (46,2%), madeiras e derivados (84,7%), carnes (52,3%), mecânicos e derivados (63,2%), alimentados em geral (60,0). As importações mais significativas ainda no mês de julho foram os mecânicos e eletrônicos (85,7%), produtos químicos (124,0%), têxteis diversos (166,7), plásticos e borrachas (162,7%) e alimentos em geral (15,8%).

“A Autoridade Portuária está cumprindo exatamente com as suas obrigações, principalmente no quesito de assegurar as condições do acesso aquaviário. Hoje nós temos uma condição de acesso aquaviário que permite uma profundidade mínima, garantindo um calado de movimentação que atende as necessidades dos terminais. A questão relacionada com a nova Bacia de Evolução que permitiu a vinda desses navios maiores, obteve uma participação muito forte da Autoridade Portuária nesse sentido”, finaliza Heder.

Ainda no mês de julho, a participação do porto de Itajaí em relação aos índices econômicos na corrente de comércio foi responsável por um crescimento de 4,4% no Brasil e 63,8% no Estado de Santa Catarina.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.

O Olhar do Vale é um jornal digital que traz notícias de Brusque, Guabiruba, Botuverá e  região do Vale do Itajaí.

Somos um portal de notícias dedicado aqueles que buscam informação de qualidade,  jornalismo com verdade.