Chuva deixou estragos no bairro Santa Luzia


Depois de passar pelo Zantão, na tarde desta sexta-feira (02), o prefeito em exercício de Brusque, Alessandro Simas, conferiu in loco a situação do bairro Santa Luzia, com atenção especial para a rua Hermínio Pavesi, conhecida por Beco Pavesi, onde houve uma série de deslizamentos em decorrência do encharcamento do solo por conta das constantes chuvas que assolaram o Vale do Itajaí e litoral catarinense nos últimos dias.

“À Secretaria de Obras, determinamos que fosse até uma residência em que a água acabou corroendo toda parte de baixo da casa; e a pasta está o dia todo trabalhando para recuperar, refazendo a tubulação, para poder dar uma tranquilidade para a família”, destaca o prefeito em exercício.

Segundo Alessandro Simas, esta sexta-feira está sendo um dia de muito trabalho de recuperação para tentar voltar à normalidade dentro do que for possível. “Vamos continuar trabalhando este final de semana e fazer todos os esforços para que a gente possa atender a população”, acrescenta.

Publicidade

Zantão

O prefeito em exercício revela que esteve novamente no Zantão, outra comunidade bastante afetada pelos efeitos das chuvas. “Só temos a agradecer ao Corpo de Bombeiros, na pessoa do comandante Basílio, que determinou que sua equipe fosse ao local para cortar uma árvore que colocava em risco o acesso dos moradores do final da rua ZT-013. À Secretaria de Obras, que está focada na desobstrução da pista. À Secretaria de Assistência Social, que levou mantimentos, roupas, água, cobertores, e está entregando alimentos para mais de 10 famílias, que estão desde a madrugada de quinta-feira, quando houve o deslizamento, sem energia. E ainda, continuamos a fazer os atendimentos na rua Walter Barteld, que apresenta situações bastantes emergenciais”, menciona Alessandro Simas.

Brusque está em situação de calamidade pública, oficializada por meio do decreto municipal nº 9.359, de 1º de dezembro de 2022, em função das chuvas persistentes registradas desde o último final de semana, e dos deslizamentos de terra ocorridos com o encharcamento do solo. Desde o último sábado (26) até esta sexta-feira (02), o total acumulado de chuva na cidade totaliza 373 milímetros.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.