Câmara de Vereadores quer solução para problemas que têm dificultado a emissão da carteira de identidade em Brusque

Plenário aprovou proposição de Jean Dalmolin que busca trazer à casa legislativa um profissional da Polícia Civil para falar sobre o assunto.


O Poder Legislativo brusquense convidará o perito criminal Guilherme Reed Silva, responsável pelo Núcleo Regional de Polícia Científica em Brusque, para discorrer, em sessão ordinária, sobre as dificuldades enfrentadas na emissão de carteira de identidade no município.

O convite obedece ao proposto no Requerimento nº 167/2023, apresentado pelo vereador Jean Dalmolin (Republicanos) e aprovado pelo plenário na sessão ordinária da última terça-feira, 26 de setembro. Consta na proposição que “nos últimos tempos, tem-se notado uma crescente demanda e dificuldade para agendar a emissão de RG em nosso município”. Adiante, o texto prossegue: “Considerando a importância do RG como documento de identificação e a urgência com que muitos cidadãos necessitam dele, é fundamental entender as razões para tais dificuldades e buscar soluções que agilizem e facilitem o processo de emissão para os cidadãos brusquenses”.

Na tribuna, Dalmolin lembrou que já cobrou o Estado de Santa Catarina, em outra oportunidade, a respeito da situação. “Até o momento, a gente viu que nada se resolveu, já teve algumas desculpas, e agora a gente fez esse convite, por ideia do vereador Valdir Hinselmann [PL], para que o responsável da Polícia Civil esteja vindo explanar sobre essa dificuldade (…), o porquê dessa demora para que pessoa esteja fazendo o agendamento e, consequentemente, tenha o RG na mão”, observou.

Publicidade

Vereadores apoiam a ideia
“Precisa melhorar muito isso aí, é realmente complicado. Não se consegue fazer o agendamento pelo sistema, infelizmente”, corroborou Jocimar Santos (DC).
“É um tema extremamente importante e que precisa ser debatido e abraçado por essa casa”, defendeu Ivan Martins (Republicanos). Em tom crítico, o edil cogitou, ainda, a possibilidade de o Estado extinguir o serviço em Brusque para forçar a população brusquense a fazer o RG em Blumenau.
Hinselmann complementou: “O Guilherme [Silva], se vier aqui, acho que vai ter muito a acrescentar sobre a forma que hoje está funcionamento a [emissão da] identidade e, com certeza, nós vamos ter formas fáceis e ágeis pra poder a população de Brusque ser bem atendida”.
Jean Pirola (PP) encerrou o debate: “Eu tenho certeza que no IGP de Brusque fazem um trabalho excelente, o que falta é pessoa, o que é falta é o sistema, o que falta é o Estado resolver um problema crônico, que não é de hoje e que afeta o cidadão brusquense. Esperamos veemente que o novo governador possa resolver esse problema”.
Dentre os pontos levantados pelo progressista, esteve uma demanda abordada também por outros parlamentares: a de que o RG deveria ser disponibilizado em formato digital, a exemplo do que já ocorre com a carteira nacional de habilitação (CNH). “Nós vivemos num mundo digital (…), e por viver num mundo digital, por que não transformar a carteira de identidade em digital também?”, sugeriu.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.