Brusque registra 2390 casos confirmados de Dengue em 2024

Foto: Divulgação

A Diretoria de Vigilância em Saúde de Brusque, por meio do Programa de Combate a Endemias, divulgou, nesta sexta-feira (17), os números de dengue e dos focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya, zika, entre outras doenças. Os dados apontam que o município tem 2390 casos confirmados de dengue em 2024.

Nesta semana, foram 202 ocorrências confirmadas da doença. Isto significa que houve uma baixa no número de casos registrados, muito diferente de semanas anteriores, onde os números chegaram a mais de 500 registros. Na semana anterior, foram 2191 confirmados. No momento, são 11 situações em investigação.

De acordo com o levantamento, as ocorrências estão concentradas no bairro Limeira Baixa com 379 casos. Os outros se dividem nos bairros: Santa Terezinha com 205 casos; Centro com 173 casos; São Luiz com 156 casos; Santa Rita com 131 casos; Steffen com 111 casos; Nova Brasília com 105 casos; Dom Joaquim e Rio Branco com 104 casos cada; Cerâmica Reis com 89 casos; Águas Claras com 82 casos; Primeiro de Maio com 77 casos; Bateas com 73 casos; Cedrinho com 68 casos; São Pedro com 85 casos e Azambuja com 60 casos.

Publicidade

A contagem segue com: Guarani com 54 casos; Maluche com 46 casos; Limoeiro com 44 casos; Limeira Alta com 39 casos; Planalto com 32 casos; Paquetá com 31 casos; Souza Cruz com 28 casos; Volta Grande com 26 casos; Tomaz Coelho e Santa Luzia com 17 casos cada; Poço Fundo com 12 casos; Zantão com 11 casos; São João e Centro II com nove casos cada; Ponta Russa com oito casos; Cedro Alto com quatro casos e Rua Nova Trento com um caso.

No momento, há dois pacientes internados na UTI, e oito pacientes internados em enfermaria hospitalar. O município registrou três óbitos por Dengue.

O município de Brusque já começou a vacinação contra a dengue. A cidade recebeu ao todo 8.647 doses, que foram destinadas à faixa etária de 10 a 14 anos. As vacinas estão disponíveis de segunda a sexta, das 16 salas de vacina, das 8h às 11h45 e das 13h às 16h45, e também na Policlínica, das 8h às 20h.

As unidades com salas de vacina são: Limeira; Dom Joaquim; Planalto; Paquetá; Santa Terezinha; Santa Rita; Ponta Russa; Steffen; São Luiz; Cedrinho; Guarani; Maluche; São João; Águas Claras; Rua Nova Trento e Bateas.

Focos

São 528 focos confirmados no município, espalhados em 25 regiões da cidade.

Os bairros brusquenses com maior taxa incidência são: Santa Luzia com 42 focos; Limeira com 34 focos; Cedrinho e São Pedro com 33 focos cada; Águas Claras e Dom Joaquim com 31 focos cada; Centro II com 28 focos; Bateas com 26 focos; Azambuja e cedro Alto com 24 focos cada; 1° de Maio e Centro I com 20 focos cada; Nova Brasília e Souza Cruz com 19 focos cada; Rio Branco com 17 focos; Poço Fundo, Steffen, Tomaz Coelho com 16 focos cada e Guarani com 15 focos.

Os focos seguem espalhados pelos bairros: Santa Rita com 14 focos; Limoeiro e Ponta Russa com 11 focos cada; Maluche, Santa Terezinha e São Luís com nove focos cada.

Oropouche

O município de Brusque confirmou ao todo quatro casos da febre do oropouche. Todos foram confirmados na última semana.

Orientações

Em caso de sintomas de dengue, procure a Unidade Básica de Saúde (UBS) da sua região, para o primeiro atendimento. Após a avaliação será dado o encaminhamento necessário.

Números para denúncias

A Diretoria de Vigilância em Saúde de Brusque, por meio do Programa de Combate a Endemias, também informa o número de telefone para denúncias, pelo WhatsApp, somente em formato de texto no (47) 98813-0095, ou por ligação, no número 156, da Ouvidoria Municipal.

Alertas sobre casos e focos

Em parceria com a Defesa Civil de Brusque, a Vigilância Sanitária criou um canal de comunicação para a população poder receber alertas de casos e focos de dengue de determinado bairro.

Para receber os alertas, basta cadastrar via SMS ou Whatsapp.

Via Whatsapp: adicionar o número (61) 2034-4611, e enviar sua localização.
Via SMS: envie seu CEP para 40199.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.