Brusque fica no 0x0 contra a Ponte Preta e não consegue deixar a zona de rebaixamento

Agora, os jogadores terão um ótimo tempo para descansarem e seguirem treinando para o dia 14/07, data do próximo jogo

Fotos: Lucas Gabriel Cardoso/Brusque Fc

O Brusque FC enfrentou na noite desta sexta-feira (05), a equipe da Ponte Preta pela 14º rodada do Brasileirão Série B. A partida aconteceu às 21h no Estádio Dr. Hercílio Luz. O primeiro duelo entre essas duas equipes aconteceu em 2021. De lá pra cá, são duas vitórias do Bruscão e duas da Ponte. Antes da partida começar, o Quadricolor se encontrava na 18º posição com 12 pontos, dois a menos que a Chapecoense, que ocupa a 16º posição, já fora da zona de rebaixamento. Caso o Brusque vencesse e conquistasse os três pontos conseguiria deixar a zona e ocupar o 16º lugar, mas infelizmente, não foi isso que aconteceu.

Com 2 minutos de jogo, Olávio recebeu muito bem de Potiguar na pequena área e dominou para finalizar, mas o zagueiro da Macaca, Sergio, afastou a redonda. Jeh, atacante da Ponte, aos 3 minutos, limpou a marcação e cruzou na área para seu companheiro Elvis que chegou de trás para finalizar mas acabou chutando por cima do gol. Um minuto depois, Jeh construiu uma jogada e tentou finalizar de longe, mas a bola ficou nas mãos de Matheus Nogueira.

Keké, aos 5 minutos, recebeu na direita e avançou em profundidade, mas o impedimento já estava sendo marcado. Jeh novamente no ataque, recebeu de Matheus Regis e mandou uma bomba em direção ao gol, mas a bola desviou e saiu em escanteio. No cobrança, Elvis cobra fechado e Nogueira fica com a bola. Mateus Pivô, aos 12 minutos, tentou a sorte finalizando de longe, mas a redonda passou por cima do gol.

Publicidade

E mais uma vez a bola passando por cima do gol da Ponte, Marcelo, aos 17 minutos, conseguiu ficar com o rebote de um escanteio e finalizou de longe, mas sem sucesso. Aos 20 minutos, Jeh recebeu na esquerda e achou seu companheiro Dodô livre no meio, que recepcionou a bola e finalizou de longe, fazendo ela passar bem perto do gol. Serrato após receber de Matheus Pivô, tentou dominar de cabeça mas foi parado por impedimento.

Nesse momento do jogo, Brusque trocou bastante passes na defesa, enquanto se defendia e procurava a melhor oportunidade para se infiltrar no seu campo de ataque. Aos 28 minutos, Keke conseguiu entrar na área do adversário, mas foi cercado pelo zagueiro Matheus Silva que afastou a bola. Keké voltou para o ataque aos 34 minutos, após receber um lançamento pela direita, mas foi atropelado e sofreu falta. 

Matheus Régis abriu o placar aos 37 minutos para a equipe de São Paulo. Na pequena área ele finalizou no canto, sem dar chance para o goleiro Nogueira, mas o atacante já estava impedido e o gol foi anulado. Continuou tudo igual. Sergio Raphael, zagueiro da Ponte, recebeu o primeiro amarelo do jogo, o jogador chegou atrasado em uma dividida com Marcos Serrato, o Quadricolor precisou receber atendimento no gramado.

Aos 46 minutos, Bruscão também teve uma finalização anulada, Olávio finalizou por cobertura na pequena área, desviando a bola do goleiro Luan, mas já estava impedido. A primeira metade do jogo acabou com 47 minutos. 

Assim que o segundo tempo iniciou, a equipe de São Paulo já seguiu para o ataque e Jeh chegou na entrada da área e mandou firme em direção ao gol, Nogueira precisou se jogar para defender a redonda. Aos 7 minutos, Keké disparou em direção ao gol e encontrou Olávio em uma boa posição, mas no passe, Olávio não conseguiu chegar até a bola. Matheus Régis, aos 9 minutos, recebeu pela direita e avançou em direção ao gol, na finalização, Nogueira defendeu muito bem.

Aos 15 minutos do segundo tempo, o Quadricolor fez suas primeiras substituições. Saíram Potiguar e Keke e entraram Madison e Diego Tavares. Olávio, aos 19 minutos, recebeu um cruzamento na pequena área e finalizou de cabeça, o goleiro Luan tirou no tapa. Aos 22 minutos, Dodô recebeu cartão amarelo por ter bicado a bola quando o jogo estava parado. 

Serrato, aos 26 minutos, limpou a defesa e achou Madison em ótima posição, o volante estava livre na pequena área e finalizou. Luan defendeu a finalização. Mais uma troca no Bruscão aconteceu aos 29 minutos, saiu Paulinho Mocellin e entrou Dentinho, substituição de atacante por atacante. Aos 33 a substituição é na Ponte, saiu Dodô e entrou Iago Dias. 

Aos 42 minutos, Diego Tavares cruzou na área e Madison recepcionou nas costas da defesa e finalizou, no rebote na pequena área, ele tentou finalizar novamente e foi tocado por trás. O volante caiu e pediu pênalti, que foi para análise do VAR, mas nada foi marcado. Aos 44 minutos, saiu Matheus Regis e entrou Guilherme Belea, na equipe visitante. 

Já nos acréscimos, mais substituições nas equipes. Aos 46 minutos, saiu Olávio e entrou Wellissol no Bruscão e saiu Elvis e entrou Emerson na Ponte. O Quadricolor seguiu tentando até os minutos finais de todas as formas no ataque para conseguir marcar, mas terminou sem sair do 0x0, garantindo um ponto a mais na tabela. O Bruscão continua na 18º posição, mas agora, com 13 pontos.

O próximo confronto do Quadricolor está marcado para o próximo domingo, dia 14/07 às 18h30 contra a Chapecoense, na Arena Condá, pela 15º rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. 

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.