Brusque é goleado e cai na Copa do Brasil

Técnico Luizinho Vieira não teve sucesso em sua estreia.

Foto: Ingryd Oliveira/ Atlético Goianiense

O Brusque FC enfrentou na noite desta quarta-feira, 22, a equipe do Atlético Goianiense pelo jogo de volta da terceira rodada da Copa do Brasil. A partida aconteceu no Estádio Antônio Accioly, casa do Atlético, às 19h. O Dragão iniciou o jogo com a vantagem de 1×0 conquistada no jogo de ida. E construiu sua vitória já no primeiro tempo, as duas equipes foram para o intervalo com o placar de 3×1 e terminaram o jogo em 4×2, classificando assim o Atlético Goianiense ás oitavas da Copa do Brasil pelo agregado de 5×2 e eliminando o Quadricolor da competição.

Aos 2 minutos, Maurício, novidade na zaga Quadricolor, abriu o jogo levando cartão amarelo, por falta cometida no adversário. Rhaldney, aos 3 minutos, recebeu a bola fora da área, e de frente pro gol chutou com força, o goleiro Matheus precisou se esticar para afastar o perigo. Aos 8 minutos, Shaylon, também do meio de campo e fora da área, arriscou um chute em direção ao gol. Nogueira defendeu.

O Dragão abriu o placar aos 11 minutos do primeiro tempo, Luiz Fernando recebeu um cruzamento de Maguinho, dominou e mandou para o fundo das redes, aumentando a vantagem do Atlético no agregado dos jogos. Atlético GO 1×0 Brusque. A esta altura do jogo, o Atlético conseguiu chegar bastante vezes até a área do Brusque, o Quadricolor trabalhava em se defender. O Dragão até os 20 minutos do primeiro tempo, atingiu 4 chutes ao gol, convertendo um e o Brusque não havia chutado nenhuma vez. A posse de bola era equilibrada.

Publicidade

Aos 22 minutos, Maguinho teve ótima chance, conseguiu invadir a área pela direita e chutou em direção ao gol, mas a bola explodiu em Matheus Nogueira. 5 minutos depois, mais uma chance para o Dragão, Baralhas invadiu a area e bateu certeiro de direita, mas mandou pra fora, por pouco ela não entrou. Aos 29 do primeiro tempo, o goleiro do Quadricolor, Matheus Nogueira, saiu jogando errado com a bola no pé e chutou em direção a Shaylon, que acelerou e conseguiu pegar o gol praticamente vazio, marcando o segundo do Atlético no jogo. Atlético GO 2×0 Brusque.

Apenas 4 minutos depois, a vantagem foi ampliada mais uma vez. Rhaldney recebeu cruzamento de Romão na segunda trave e de cabeça mandou direto para o fundo da rede. Atlético GO 3×0 Brusque. Aos 40 minutos, o Quadricolor conseguiu marcar o seu primeiro gol na partida. Em contra-ataque, Wellissol passou para Pivô, que aproveitou a saída do goleiro adversário e mandou a redonda para dentro do gol. Atlético GO 3×1 Brusque.

Aos 43 minutos, Alex Vinicius arriscou chute de longe, mas Matheus Nogueira espalmou, Shaylon ficou com a sobra e tentou bater em direção ao gol, mas Nogueira mandou para fora. Lucas Kal, aos 45 minutos, recebeu cartão amarelo, em dividida com Rodolfo Potiguar. A primeira metade terminou aos 48 minutos. 

No intervalo, o técnico Luizinho Vieira fez duas substituições, saíram Alex Ruan e Jhemerson e entraram Luiz Henrique e Mocellin. No Dragão, também houve mudança, saiu Lucas Kal e entrou Roni.

Aos 3 minutos da segunda metade, Romão desviou de cabeça em direção ao gol a bola que vinha da cobrança de falta do Shaylon, mas a redonda saiu pela linha de fundo. O Brusque continuou mais reservado em seu campo de defesa, enquanto o Atlético também não se desafiou muito ofensivamente e esperou a boa oportunidade.

Que chegou aos 11 minutos, quando em meio a uma troca de passes a bola sobrou para Maguinho, que bateu de canhota e mandou ela pro gol. Atlético GO 4×1 Brusque. Paulinho Moccelin, aos 17 minutos, recebeu cartão amarelo por falta em Maguinho. Aos 19 minutos, mais duas substituições no Quadricolor, saíram Osman e Potiguar e entraram Dionísio e Diego Mathias.

Aos 25 minutos, Baralhas chegou até a entrada da área e encheu o pé para mandar para o fundo da rede, Matheus Nogueira precisou se esforçar para fazer a defesa. Aos 15 minutos, mudança no Atlético, saiu Vagner Love e entrou Derek. Derek bateu colocado de fora da área aos 29 minutos, mas Matheus Nogueira defendeu.

Luizinho fez a última substituição do Bruscão aos 32 minutos do segundo tempo, saiu Wellissol e entrou Olávio. Aos 33 minutos, Romão construiu uma jogada e foi para a área aguardar pela bola, que chegou na cabeça dele e ele só empurrou, mas ficou fácil para a defesa do Matheus Nogueira. Aos 35 minutos, mais uma mudança no Dragão, saiu Shaylon e entrou Max.

O Atlético ia apenas administrando a sua vantagem, sem se apresentar ao perigo, estava calmo no jogo. Aos 41 minutos, mais uma substituição no time goianiense, saiu Baralhas e entrou Gabriel Barros. Aos 42 minutos, após cobrança de escanteio, Mateus Pivô desviou de cabeça para dentro do gol, diminuindo a vantagem do Dragão sob o Brusque. Atlético GO 4×2 Brusque. A partida terminou aos 48 do segundo tempo com o Quadricolor desclassificado da Copa do Brasil.

O próximo confronto do Quadricolor está marcado para domingo, 26, contra o Vila Nova, às 17h, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Mesmo jogando fora de casa neste jogo, o Brusque precisará de foco total para não terminar com um resultado que o leve à zona de rebaixamento.

Colaborou: Mariana Beuting

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.