Brusque contabiliza 1103 focos de Dengue

dengue brusque
Divulgação

O Programa de Combate a Endemias da Prefeitura de Brusque contabiliza 1103 focos do mosquito Aedes Aegypti na cidade. São 32 a mais que o número divulgado no último boletim, no dia 15 de setembro.

O bairro com maior número de focos ainda é o Santa Rita, com 146; seguido pelo Centro, com 119; Santa Terezinha, com 85 e São Luiz, com 81. Há focos em 22 bairros da cidade. A coordenadora do programa de Combate a Endemias, Letícia Figueredo, lembra que com a elevação da temperatura os cuidados devem ser redobrados. “Agora que o inverno terminou e o clima está mais quente a proliferação do Aedes aegypti pode aumentar rapidamente. Por isso ninguém pode descuidar da limpeza dos quintais e locais que acumulam água”.

Letícia reforça que os agentes de endemias seguem com o trabalho diário de visitas a residências e estão atentos a locais que possam passar despercebidos por serem de difícil acesso. “São calhas, bromélias em árvores altas, caixas d’água elevadas. Nossos agentes fazem a vistoria e quando possível já realizam a eliminação do criadouro. Sempre com os devidos cuidados e equipamentos de segurança”.

Publicidade

Quanto ao número de pessoas infectadas, Brusque permanece com 42 casos confirmados de dengue. Deste número, 26 são autóctones (contraídos no próprio município) e 16 são importados. Em caso de suspeita de dengue, deve-se procurar uma Unidade Básica de Saúde.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.

O Olhar do Vale é um jornal digital que traz notícias de Brusque, Guabiruba, Botuverá e  região do Vale do Itajaí.

Somos um portal de notícias dedicado aqueles que buscam informação de qualidade,  jornalismo com verdade.