Atenção: Defesa Civil entra alerta para possíveis deslizamentos de terra


Com o quarto dia consecutivo de chuvas no município, três deles com volumes expressivos, e a previsão de continuidade de precipitação com volumes consideráveis até quarta-feira (16), Brusque entra em situação de atenção para a ocorrência de deslizamentos de terra, conforme aviso da Defesa Civil do Estado de Santa Catarina.

Até as 10 horas desta terça-feira (15) já havia chovido 74,4 milímetros em Botuverá; 66,8 ml no Cedro Alto; 66,6 ml no São Pedro. De acordo com a Epagri/Ciram são esperados mais 15 milímetros de chuva para o dia de hoje, além dos volumes já registrados, além de 30 milímetros para o dia de amanhã.

A Defesa Civil registrou, até o momento, oito ocorrências relacionadas às chuvas das últimas 24 horas. Danos em edificações, queda de árvore e deslizamentos. O Centro de Referência em Assistência Social (Cras) do bairro Azambuja, foi interditado devido a um deslizamento nos fundos do terreno. No bairro Cedrinho, após um deslizamento de terra atingir uma residência, três famílias foram orientadas a desocuparem suas residências até a melhora do tempo, em virtude do risco de novas movimentações de terra.

Publicidade

O nível do rio Itajaí-Mirim em Botuverá encontra-se em 2,60 metros, considerado seguro, de acordo com o coordenador de Defesa Civil, Edevilson Cugiki. “Continuaremos monitorando, e se houver necessidade, emitiremos um alerta para uma possível saída de calha”.

Cugiki reforça para que pessoas que morem em locais de área de risco, devem ficar atentos. “As pessoas devem prestar atenção caso haja árvores quebrando, barulhos estranhos na residência, água em taludes, ou surgimento de rachaduras na residência. Nesses casos o ideal é que nos contatar para que possamos fazer uma vistoria no local”.

Vale lembrar que é possível receber o alerta de eventos adversos diretamente da Defesa Civil Estadual, basta mandar uma mensagem de texto (SMS), com o número do CEP para o número 40199, podendo cadastrar mais de um CEP para monitoramento. Em caso de emergência deve-se entrar em contato pelo número 199, que funciona 24 horas por dia.

Recomendações:
Fique atento a inclinação de poste e árvores;
Surgimento de olhos d’água no talude
Qualquer movimento de terra ou rochas próximo a sua residência;
Aparecimento de rachaduras em muros e paredes;

Confia o áudio com o coordenador da Defesa Civil Edevilson Cugiki

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.