Assinada ordem de serviço para obra avaliada em R$ 12,9 milhões na Av. Primeiro de Maio

Ordem de serviço para obra de drenagem foi assinada nesta terça-feira (06).

andré vechi primeiro de maio brusque
Foto: Divulgação Prefeitura de Brusque

O prefeito em exercício de Brusque, André Vechi, assinou, na manhã desta terça-feira (6), a ordem de serviço para início das obras de drenagem da Avenida Primeiro de Maio, no bairro de mesmo nome.

A obra é avaliada em mais de R$ 12,9 milhões, a realização é aguardada há anos pela população local, que sofre com alagamentos a cada chuva mais forte que cai na região.

Esteve presente na assinatura da ordem de serviço o ex-prefeito Ari Vequi, que pleiteava recursos para a obras antes de ter o mandato cassado pelo TSE, no dia 08 de maio.

Publicidade

A responsável pela obra é a empresa Freedom, que irá realizar a implementação de mais de 1700 metros de drenagem na Primeiro de Maio e, também, em um trecho da rua Poço Fundo. A duração prevista para os serviços é de 18 meses.

Em sua fala, o chefe do Executivo ressalta a complexidade do projeto, a expertise de toda a equipe da Secretaria de Infraestrutura Estratégica (SIE), bem como a preocupação em trazer o mínimo transtorno possível para comerciantes e moradores.

“Depois de alinharmos os aspectos técnicos entre Prefeitura e empresa, vamos conversar com a comunidade e explicar em detalhes como será realizada esta obra. Então, em meados de julho, começaremos de fato as movimentações em campo. Teremos a responsabilidade de manter os laços estreitos entre todas as partes envolvidas”, ressalta.

De toda a extensão prevista para a drenagem, 820 metros serão executados por meio de um tunnel liner (travessia não destrutiva). O serviço tem início na altura da rua João Hingst (esquina da Italianinha) e segue com esse método construtivo até a curva depois da Dokassa, um pouco antes da esquina com a Rua Gustavo Halfpap.

Em seguida, a implementação prossegue com 710 metros de galerias de dois metros até a curva antes da Sociedade Beneficente. Já no Poço Fundo vão ser feitas complementações de drenagem com Galerias de 2,5m x 2,0m e 3,5m x 2,0m, nas proximidades da Rua Fernando Zen.

“Esse é um recurso que já estava garantido no Orçamento da União”, ressalta a secretária de Infraestrutura Estratégica, Andréa Volkmann. “Foi um trabalho árduo verificar a execução de toda a obra dentro desse valor. Houve muita conversa, muita reunião e muito ajuste, mas enfim, felizmente, conseguimos adaptar o projeto e aprovar junto a Caixa Econômica Federal”, finaliza.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.