9º Festival Nacional da Cuca é lançado oficialmente


A Associação Empresarial de Brusque, Guabiruba e Botuverá (ACIBr) por meio do Núcleo de Panificadoras e Confeitarias da entidade, em parceria com a Prefeitura de Brusque, através da Secretaria de Turismo, realizaram na noite de terça-feira, 21 de junho, o Lançamento da 9ª edição do Festival Nacional da Cuca – o doce sabor da tradição alemã.


O evento acontece nos dias 9 e 10 de julho, no Pavilhão da Fenarreco, e nesta edição volta a ser realizado de forma presencial, já que desde 2019 não havia ocorrido, por conta da pandemia. Durante o período, o Festival ocorreu de forma híbrida, com vendas de cucas nas panificadoras participantes e também de modo online, por meio de lives.


Este ano, nove panificadoras participam do Festival: Sodepan, Zen, Sol, Villa Florinda, Panissa, Danine, Sassipan, Moriá, e Panificadora Guabiruba.

Publicidade


Ao longo da programação o público poderá conferir o Mercado da Cuca, com a comercialização dos produtos; o delicioso Café Colonial; a opção de Combo (cuca +café); além da Cuca Mirim para as crianças, em parceria com o SESC; aulas-show com renomados chefs, e o tradicional concurso “A Cuca Nota 10 do Brasil”.

Retorno esperado
Durante o lançamento do Festival, o prefeito de Brusque, José Ari Vequi falou sobre a importância do retorno do evento gastronômico, que atrai turistas de diversos locais do estado e do país, para conhecer e degustar as autênticas cucas da região. “Temos certeza que essa retomada do evento será sucesso. O Festival é um evento nacional, somos consideradas a ‘capital nacional da cuca’, e isso faz com que Santa Catarina e todo o país reconheçam a importância desse produto feito em nossa cidade. Além disso, temos certeza que o evento irá atrair turistas e visitantes de diversos locais do Brasil, que também irão contribuir para o fomento de outros setores econômicos da nossa cidade”, comentou.


Assim como ele, a presidente da ACIBr, Rita Cassia Conti falou sobre a importância do evento, que contribui para a economia da cidade, mas principalmente para o fomento das panificadoras, unidas por meio do associativismo. “O Núcleo de Panificadoras e Confeitarias da ACIBr é um dos mais antigos da entidade, um exemplo de cooperação, com empresas do mesmo setor, unidas em prol de um bem comum. É um exemplo de empreendedorismo, de união, e o Festival é o resultado desse trabalho em conjunto. Agradecemos ao poder público que é parceiro do evento, junto com a ACIBr, onde por meio dessa parceria oportunizamos a comunidade uma opção de lazer e gastronomia, além de promover emprego, renda e desenvolvimento”, considerou.


Da mesma forma, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Brusque, Ademir José Jorge destacou a realização do evento como forma de valorizar a cultura local, através das tradições dos imigrantes alemães, e que ‘adoçam’ os turistas que vêm até Brusque ao longo de todo o ano. “É um evento que resgata essa culinária tão tradicional, que é a cuca. A nossa cidade recebe ao longo do ano diversos eventos, com visitantes de dezenas de lugares do país, e que quando estão em Brusque sempre buscam uma cuca para degustar. Temos essa tradição aqui e sabemos o quanto esse evento é importante para a cultura e o turismo de Brusque Parabenizamos o Núcleo da ACIBr, a associação em si, a Prefeitura Municipal e todos os envolvidos e convidamos todos para prestigiar as atrações do evento, de forma presencial”, pontua.


A coordenadora do Núcleo de Panificadoras e Confeitarias da ACIBr, Emily Dognini, falou sobre as expectativas do evento, já que a organização estima que mais de 10 mil pessoas possam marcar presença nos dois dias do evento. “Todos estão com saudades do Festival e temos certeza que será sucesso. Todas as panificadoras têm o mesmo processo produtivo, feito de forma artesanal, então todos estão empenhados e engajados para essas produções. Queremos vender mais de 6 mil cucas nesta edição. Assim, aguardamos todos os brusquenses, moradores de outras cidades da região e do estado para degustar uma deliciosa cuca, reunir a família e celebrar a vida, neste momento de retomada”, convida.

“A Cuca Nota 10 do Brasil”
Este ano, novamente será realizado o tradicional concurso “A Cuca Nota 10 do Brasil”, que tem como objetivo estimular e valorizar a culinária da região. Ao todo, foram abertas 36 inscrições, onde cada participante irá concorrer com uma receita de cuca doce.
Serão premiadas as três melhores receitas, de acordo com os critérios de pontuação discriminados no regulamento. Os resultados serão divulgados ao final do evento, no dia 10 de julho.
O grande vencedor do Concurso nesta edição será premiado com um forno elétrico Fischer turbo, R$ 1 mil em vale-compras na Morisa Móveis, uma cesta de produtos Werner Alimentos e troféu. Já o segundo lugar ganhará uma batedeira planetária de 5 litros, jogo de pratos com talheres de churrasco e tábua de madeira da Irmãos Fischer, cesta de produtos Werner Alimentos e troféu. Já o terceiro colocado será premiado com um jogo de pratos com talheres de churrasco e tábua de madeira da Irmãos Fischer, cesta de produtos Werner Alimentos e troféu.

Ação social
Todos os anos o Festival da Cuca contribui com alguma entidade beneficente local. Em 2022 a Rede Feminina de Combate ao Câncer de Brusque (RFCC) será a contemplada. A novidade desta edição será a “Roda da Cuca”, semelhante a uma roda da fortuna, onde o público poderá adquirir bilhetes com números e concorrer a brindes e também cucas do Festival. Todo o valor arrecadado na ação será revertido para a Rede, que também será responsável pela ação nos dois dias do evento.

Programação
Sábado – 9 de julho
-9h: Abertura do Pavilhão
-9h: Início do Café Colonial
-10h: Início da 1ª eliminatória do Concurso “A Cuca Nota 10 do Brasil”
-10h30: Solenidade de abertura
-12h: Intervalo para almoço
-13h30: Início da 2ª eliminatória do concurso
-16h: Início da 3ª eliminatória do concurso
-19h: Aula show com Iuri Agostinho, com a receita de cuca de pêssego com creme
-20h: Encerramento do concurso e apresentação dos nomes dos classificados
-21h: Encerramento.

Domingo – 10 de julho
-10h: Início da 1ª etapa final Concurso “A Cuca Nota 10 do Brasil”
-12h: Intervalo para almoço
-13h: Aula show com a campeã do 1º concurso “A Cuca Nota 10 do Brasil” – Henriqueta Tereza Zucco, com a cuca de banana com castanha
-14h30: Início da 2ª etapa final do Concurso
-17h30: Divulgação dos vencedores e premiação do Concurso “A Cuca Nota 10 do Brasil”
-18h: Encerramento do evento.

Valores

  • Café colonial:
    Adulto: R$ 58
    Crianças até 10 anos: R$ 29
    Combo 1/4 de cuca + café: R$ 25

-Mercado da cuca
Cuca tradicional: R$ 30
Cuca gourmet: R$ 35

Panificadoras participantes do 9º Festival Nacional da Cuca:
-Cafeteria e Panificadora Villa Fiorinda
-Panificadora e Confeitaria Moriá
-Padaria e Confeitaria Sodepan
-Sassipan Panificadora e Confeitaria
-Panificadora Zen
-Panificadora e Confeitaria Panissa
-Sol Panificadora e Confeitaria
-Panificadora Danine em Guabiruba
-Sol Panificadora

SERVIÇO
9º Festival Nacional da Cuca – doce sabor da tradição alemã
-Dias 9 e 10 de julho
-No Pavilhão de Eventos Maria Celina Vidotto Imhof (Pavilhão da Fenarreco – rua Gentil Battisti Archer, s/n – Centro 2)
-Realização: Núcleo de Panificadoras e Confeitarias da ACIBr e Secretaria de Turismo de Brusque.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.

O Olhar do Vale é um jornal digital que traz notícias de Brusque, Guabiruba, Botuverá e  região do Vale do Itajaí.

Somos um portal de notícias dedicado aqueles que buscam informação de qualidade,  jornalismo com verdade.