10º BPM apresenta dados da Operação Maria da Penha


Aconteceu no período de 29 de agosto a 27 de setembro, a 2ª edição da Operação Maria da Penha, desencadeada em todo o Estado.

Objetivando o enfrentamento a violência doméstica contra a mulher e o aprimoramento do sistema de proteção às vítimas, o 10º Batalhão de Polícia Militar (BPM), através da Rede Catarina acompanha mais de 400 mulheres vítimas de violência doméstica em Blumenau. Durante a Operação, a Patrulha Maria da Penha realizou 70 visitas preventivas, acompanhou 67 medidas protetivas de urgência, e 18 descumprimentos de medidas.

Nesse período, 143 ocorrências de Violência Doméstica e Familiar contra mulheres foram geradas através dos canais de emergência, sendo 83 ocorrências confirmadas de Maria da Penha e que resultaram em 22 prisões em flagrante por crimes dessa natureza.

Publicidade

É importante destacar que esses números parecem elevados em comparação a outros dados, porém as vítimas estão sendo bem orientadas e protegidas, para realizarem a denúncia e não aceitarem mais serem violentadas cruelmente. A atuação da Rede Catarina vem auxiliando na proteção, orientação e encaminhamento das vítimas e atuando repressivamente no descumprimento das medidas, sendo um meio de apoio essencial para esse grupo vulnerável.

A Polícia Militar continua com seu trabalho de prevenção e repressão contra a Violência Doméstica e Familiar contra mulher, e incentiva que qualquer agressão seja denunciada ou informada através do 190 ou aplicativo PMSC cidadão. Toda mulher deve se sentir digna e respeitada e não ter medo de ser livre.

Comentários


Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluídos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.