Unifebe Vargas Neni TEVAH

Vigilância alerta para cuidados com a dengue em cemitérios

Atualmente, a Vigilância mantém 475 armadilhas que são monitoradas semanalmente.

cemiterio brusque

 

A Vigilância Epidemiológica de Brusque reforçou o trabalho de fiscalização e orientação de prevenção à dengue em todos os bairros da cidade. Até o momento, apenas um foco positivo do mosquito Aedes aegypti, o transmissor da doença, foi encontrado no bairro Cedrinho em uma das ações da equipe e serve de alerta para a população.

 

Atualmente, a Vigilância mantém 475 armadilhas que são monitoradas semanalmente. Além disso, locais como borracharias, floriculturas, ferros-velhos e cemitérios, pontos considerados estratégicos pela Vigilância são visitados quinzenalmente.

 

A coordenadora da Vigilância, Fernanda Lippert, lembra que especialmente nos cemitérios só é autorizada a utilização de de vasos, floreiras ou quaisquer outros tipos de recipientes que acumulem água, se estiverem devidamente perfurados e/ou preenchidos com areia.

 

“Os cemitérios são considerados pontos estratégicos justamente por apresentarem um maior número de prováveis criadouros e a Lei Estadual nº 15.243/2010 proíbe esse tipo de material, por isso a população deve ficar atenta e tomar alguns cuidados para evitar a proliferação do mosquito”, lembra.

 

Cuidados essenciais 

Ao levar flores aos cemitérios dê preferência às artificiais. Se optar por flores naturais procure as plantadas em vasos com furos. Elimine também os ‘cachepots’, aqueles suportes para os vasos, geralmente de cerâmica ou porcelana, que também propiciam a deposição de água. Ao optar por ramos de flores naturais, as mesmas deverão ser colocadas diretamente na areia presente nos vasos, que deverá estar umedecida.

 

Sintomas da doença

Febre alta com início súbito.

Forte dor de cabeça.

Dor atrás dos olhos.

Perda do paladar e apetite.

Manchas e erupções na pele semelhantes ao sarampo, principalmente no tórax e membros superiores.

Náuseas e vômitos.

Tonturas.

Extremo cansaço.

Moleza e dor no corpo.

Muitas dores nos ossos e articulações.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.