Unifebe Vargas Câmara

Procura por vacina contra HPV ainda é baixa

O HPV é uma infecção sexualmente transmissível, principal causador do desenvolvimento do câncer de colo de útero;

Foto: ilustração -

Foto: ilustração –

Brusque – Desde 2013 foi incorporado ao calendário vacinal, a imunização contra o Vírus do papiloma humano, o HPV. Porém em Brusque a procura ainda é baixa. Este ano foram vacinadas 348 meninas, com idade entre nove e 13 anos, quando o objetivo da Secretaria de Saúde é imunizar 2.130 crianças.

O HPV é uma infecção sexualmente transmissível, principal causador do desenvolvimento do câncer de colo de útero. Para a imunização ser efetivada por completo, é necessário que a pessoa receba duas doses. Vale lembrar que a segunda dose deve ser feita seis meses após a primeira.

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Natália de Andrade Cabral Marchi, destaca a importância da vacinação. “A vacinação contra o vírus HPV está prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente e diminui 97% das chances na contração do vírus”.

Natália ressalta ainda que a vacina não causa nenhum efeito colateral. Para receber a vacina basta ir até a Unidade Básica de Saúde mais próxima. “É necessário que a menina esteja acompanhada de um responsável legal e apresente o Cartão Nacional do SUS e a carteira de vacinação.

por Assessoria de Imprensa

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.