Unifebe Vargas

Operação interdita rua para trazer novo equipamento ao Hospital Azambuja

 

nova-ressonacia-11

Uma grande movimentação chamou a atenção de quem passava em frente ao Hospital Azambuja, em Brusque, na tarde desta segunda-feira, 19. O motivo foi o transporte da nova ressonância magnética, recém-adquirida pelo hospital que pesa 6 toneladas.

A ressonância de campo fechado 1,5 Tesla 16 canais, este aparelho foi lançado pela GE nos EUA no Congresso Americano de Radiologia em novembro de 2015 e teve autorização da Anvisa para ser instalado no Brasil em Julho de 2016, sendo o Hospital Azambuja o segundo no Brasil a comprar o equipamento considerado de última geração. A ressonância tem capacidade para fazer exames ainda mais avançados. “Antes os exames eram mais limitados, agora poderemos fazer todos que o paciente necessitar, tais como angioressonância, ressonância do crânio, entre outras”, declarou o coordenador do Centro de Imagem do Hospital Azambuja, Marcos Deichmann.

Ainda segundo Deichmann, “com estes novos equipamentos também ganhamos tempo na realização dos exames, pois com a antiga ressonância a média era de 50 minutos por exame e agora serão cerca de 15 minutos”.

O Hospital Azambuja investiu cerca de R$ 3 milhões para adquirir o equipamento. Após a instalação e testes, os exames com a nova ressonância devem iniciar entre 10 e 15 de outubro. Além dos pacientes da cidade de Brusque e da região, também estão sendo fechadas parcerias com município no litoral, médio e alto vale do Itajaí.

A compra do novo equipamento faz parte das melhorias que vêm passando a unidade. “Estamos promovendo uma série de melhorias no hospital, como compra de equipamentos novos e modernização da nossa infraestrutura, cujas próximas ações são mudanças no ambulatório de pediatria e no consultório de ginecologia”, informou o administrador do Azambuja, Fabiano Amorim.

 

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.