Unifebe Vargas Neni TEVAH

Hospital Azambuja promove ações no “Maio Amarelo”

todos unidos - HUMANIZAÇÃO

Brusque (SC) – Os números assustam e chamam a atenção para a importância de preservar a vida no trânsito. De acordo com os dados da Polícia Militar de Brusque, a média anual de acidentes de trânsito é de 3 mil, resultando em 2 mil vítimas lesionadas, 200 ficaram inválidas e 27 vão a óbitos. Ainda segundo a PM, no ano passado foram registrados 2673 acidentes de trânsito na cidade, sendo que 782 pessoas tiveram lesões. Os registros também apontam que 694 acidentes (29,7%), envolveram motocicletas; outros 178 foram causados por motoristas bêbados e 422 infrações foram lavradas por embriaguez.

Buscando fazer sua parte e conscientizar os seus colaboradores, o Hospital Azambuja, através do Grupo de Humanização, aderiu ao movimento “Maio Amarelo”, promovendo atividades voltadas à conscientização, ao amplo debate das responsabilidades e à avaliação de riscos sobre o comportamento de cada cidadão, em seus deslocamentos diários no trânsito. “Todos os dias recebemos vários pacientes vítimas de acidentes de trânsito, portanto nossa intenção é mostrar aos funcionários do hospital a importância de ter atenção, respeitar as sinalizações e os limites de velocidade, contribuindo para que nenhum deles aumente essa triste estatística”, destaca o fisioterapeuta Leonardo Fischer, membro do Grupo de Humanização do Hospital Azambuja.

Mais de 400 colaboradores devem participar das ações que serão realizadas durante todo o mês de maio, entre elas distribuição de folders e cartazes, além de uma palestra educativa.

A palestra para os colaboradores do hospital será ministrada pelo Major Otávio Manoel Ferreira Filho, chefe do setor de trânsito do 18º Batalhão de Polícia Militar de Brusque e terá o tema: “Viver é um dom, ser feliz é uma arte”. A palestra será no dia 10 de maio, das 14 às 15h30, na sala de reuniões do hospital.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.