Unifebe Vargas PREFEITURA TEVAH

TRE SC determina que eleição indireta seja retomada de onde parou

Com isso, apenas a chapa de Prudêncio (PSD) segue com candidatura efetivada;

Foto: ilustração ODV -

Foto: ilustração ODV –

Brusque – O desembargador Cesar Augusto Mimoso Ruiz Abreu, presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE SC) decidiu que a eleição indireta que escolherá o novo prefeito de Brusque, após a cassação definitiva de Paulo Roberto Eccel (PT) e Evandro de Farias (PP), deve ser retomada a partir dos moldes em que estava sendo realizada no final de abril de 2015, quando da paralisação da mesma por meio de liminar.

Ou seja, trocando em miúdos, apenas uma chapa irá concorrer à chefia do Executivo até o mês de outubro. Trata-se de Roberto Pedro Prudêncio Neto (PSD) e seu vice Danilo Rezini (PMDB), já que nos dias que antecederam a votação, Ingo Fischer e Juarez Piva, ambos do Partido Progressista, desistiram da candidatura.

Informações de bastidores levantadas por Olhar do Vale (ODV) dão conta de que o presidente da Câmara de Vereadores, Jean Pirola (PP), não pretende deixar barato essa decisão, recorrendo da decisão do TER SC, judicializando todo o processo eleitoral indireto.

por Wilson Schmidt Junior

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.