Unifebe Vargas

Próximo prefeito de Brusque ganhará R$ 2 mil a menos que presidente da República

Foto: divulgação -

Foto: divulgação –

Brusque – A questão dos subsídios (salários) para prefeito, vice, secretários e vereadores para os próximos quatro anos, a partir de 2017, foi o principal tema discutido na Câmara de Vereadores de Brusque na sessão desta terça-feira, 28 de junho. Após serem mandadas para a casa em regime de urgência, as proposições de número 36, 37 e 38/2016, que fixam valores para os respectivos salários foram aprovadas.

Ficou acertado que o próximo prefeito de Brusque ganhará incríveis R$ 25,8 mil, apenas aproximadamente R$ 2 mil a menos do que ganhará o próximo presidente da República. Já o vice, cerca de R$ 12,5 mil, mesma importância destinada aos secretários municipais e diretores de autarquias.

Os vereadores, por sua vez, continuarão recebendo seus R$ 8,8 mil, o que representa uma manutenção nos vencimentos atuais. A medida, após ser aprovada pelo prefeito Bóca Cunha, começa a vigorar a partir de 1º de janeiro de 2017.

por Wilson Schmidt Junior

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.