Unifebe Vargas TEVAH

Projeto de lei que proíbe o nepotismo na administração pública de Brusque será debatido em audiência pública 

ento ocorre na próxima segunda-feira, 14, a partir das 18h, no plenário da Câmara de Vereadores

Na próxima segunda-feira, 14, às 18h, a Câmara de Vereadores realiza audiência pública sobre o projeto de lei (PL 29/2017) em trâmite que “dispõe sobre a proibição do nepotismo no âmbito dos poderes Executivo e Legislativo do município”. Toda a comunidade, entidades representativas e demais instituições estão convidadas a participar do debate.
De autoria do vereador Marcos Deichmann (PEN), o PL 29/2017 é coassinado por Ana Helena Boos (PP), Claudemir Duarte (PT), Jean Pirola (PP), Paulinho Sestrem (PRP) e Sebastião Lima (PSDB).
Conforme a proposta, o nepotismo se constitui pela “nomeação para cargos de provimento em comissão ou função de confiança […] de cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive, da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa jurídica investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento”.
O texto veda, inclusive, a prática de nepotismo cruzado, caracterizado como “o ajuste para burlar a regra mediante nomeações ou designações recíprocas entre órgãos ou entidades da administração ou entre os poderes”.
A exceção fica por conta da nomeação de servidores efetivos “para o exercício de cargo em comissão ou função de confiança, desde que comprovada habilitação para o desempenho das funções inerentes ao cargo”.
De acordo com o projeto, serão nulos os atos de nomeação ou designação praticados em desacordo com a legislação, “importando a sua desobediência em ato de improbidade administrativa, nos termos do parágrafo 4º do art. 37 da Constituição Federal”.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.