Unifebe Vargas TEVAH

Primeira mão: votação do PL 160/2014 ficará para 2015

Guilherme Marchewsky (PMDB) confirmou para a reportagem de Olhar do Vale a decisão, na tarde desta segunda-feira (22);

Brusque – Ficou mesmo para 2015 a realização da sessão legislativa que pode apreciar, deliberar e votar o Projeto de Lei 160/2014, de origem executiva. O PL autoriza o município a contrair financiamento internacional na importância total de R$ 96 milhões e vem criando embates subsequentes entre situação e oposição. A informação foi repassada pelo presidente da Câmara de Vereadores em fim de mandato, Guilherme Marchewsky (PMDB).

E por conta das emendas aditivas, requerimento de realização de audiência pública e, também, solicitação de parecer da comissão de meio ambiente, tendo em vista da mesma forma o início do recesso parlamentar, Guilherme optou pela realização de sessão ordinária apenas no segundo dia do mês de fevereiro de 2015.

Fato que deve deixar a oposição ainda mais irritada, já que acreditava na aprovação do PL 160/2014 ainda em 2014. O projeto, enviado pelo executivo e conhecido como o Pacotão de Natal, prevê a construção de uma nova ponte no Centro, além de parte do anel viário, ambos previstos no plano de governo de Paulo Eccel (PT), prefeito de Brusque.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.