Unifebe Vargas TEVAH

Presidente estadual do Dem SC vem a Brusque e fala com Olhar do Vale

Político conversou sobre vários assuntos com nossa reportagem;

Foto: divulgação -

Foto: divulgação –

Brusque – “Nós queremos estancar a queda, estancar o desastre e ligar uma luz no fim do túnel para que o povo volte a ter esperança e volte a crescer”. Palavras do presidente estadual do Democratas Santa Catarina, Paulo Gouvêa, em relação a atuação do partido na esfera nacional, principalmente em decorrência da largada do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

O político, que também é primeiro suplente do senador Dário Berger (PMDB), concedeu entrevista para Olhar do Vale (ODV) durante a noite desta segunda-feira, 18 de abril. Ele esteve em Brusque para participar da reunião regional do Democratas, ocorrida na sede da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB).

Entre outras coisas, Gouvêa conversou com nossa reportagem sobre o papel do Dem SC no cenário nacional. Para ele, não é nenhuma novidade para a maioria da população catarinense que é preciso mudar o governo que hoje é comandado por Dilma Rousseff. “Os catarinenses deram demonstrações claras em todas as últimas eleições presidenciais, de que já sabiam que este modelo de administração do PT, estilo Dilma, estilo Lula, isso já não serve para o país”, afirmou, lembrando das últimas eleições presidenciais, onde o candidato Aécio Neves (PSDB), apoiado pelo Dem SC, teve a maior vitória proporcional no país.

“É por isso que, em uma emergência, tivemos de apelas para um remédio constitucional, o Impeachment, para barrar essa derrocada, esse destroçamento que está acontecendo em nosso país”, pontuou.

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Democratas Brusque

Durante sua permanência em Brusque, Paulo Gouvêa também destacou que a participação do diretório democrata de Brusque tem sido uma das mais destacadas no cenário estadual. “O partido cresceu de uma maneira muito vigorosa, tornando-se o maior partido de Brusque, com mais de três mil filiados. Proporcionalmente é o maior diretório em proporção com o eleitorado, de todo o Estado de Santa Catarina”.

Assunção no Senado?

Com a possibilidade eminente de Michel Temer (PMDB) assumir a presidência do país, começam a surgir rumores de que Dário Berger, do mesmo partido, assuma alguma pasta nos ministérios de Brasília. Com isso, Paulo assumiria sua vaga no Senado Federal. Porém, para o presidente Democrata, nada está sendo negociado até o momento, mas que seria uma honra representar Santa Catarina na capital do país.

por Wilson Schmidt Junior

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.