Unifebe Vargas TEVAH

Pirola (PP) reafirma: Emenda do Voto Aberto foi apelo popular

Presidente da Câmara de Vereadores de Brusque fez uma espécie de resumo jurídico sobre toda a caminhada até a elaboração da emenda que pode tornar aberto o voto dos vereadores nas eleições indiretas;

PIROLA

Foto: Câmara de Brusque –

Brusque – No uso da palavra livre, o presidente da Câmara de Vereadores de Brusque Jean Pirola (PP) também se pronunciou acerca da retirada de candidatura de Ingo Fischer e Juarez Piva (PP), ocorrida na manhã desta segunda-feira (27). Para ele, todos foram pegos de surpresa, porém, preferiu não se manifestar sobre os motivos que levaram a tal decisão.

Falou, sim, sobre todo o processo de estudo jurídico que possibilitou a apresentação do Projeto de Emenda à Lei Orgânica Municipal (Pelom) que pode tornar aberto o voto dos vereadores nas eleições indiretas da próxima quinta-feira (30), ressaltando que foi em resposta a um grande apelo popular, através das redes sociais e, também, pessoalmente, durante as sessões nos últimos dias. Além de exaltar o papel da imprensa, Pirola, embasado juridicamente, também deixou claro que, no seu entendimento, a abertura dos votos não é uma proposta inconstitucional.

Sobre o jargão já consagrado da atual oposição, de que “a regra está sendo mudada no meio do jogo” e, também, de que se trata de um golpe, o pepista aproveitou para discordar, ressaltando que ninguém sabia que Paulo Eccel (PT) e Farinha (PP) seriam cassados.

por Wilson Schmidt Junior

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.