Unifebe Vargas PREFEITURA TEVAH

Pílula do câncer é tema de audiência pública na Câmara de Vereadores

Evento será nesta quinta, 9, com a participação de Carlos K. Witthoeft, o morador de Pomerode que produzia em casa cápsulas da substância;

Foto: ilustração -

Foto: ilustração –

Brusque – A Câmara Municipal de Brusque realiza nesta quinta-feira, 9, às 18h30, audiência pública sobre a Fosfoetanolamina, a pílula do câncer. O tema foi proposto pela vereadora Marli Leandro (PT), em requerimento aprovado pelo plenário no mês de março. O evento é uma parceria com a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc).

Para discorrer sobre o assunto, a casa legislativa recebe Carlos Kennedy Witthoeft, o morador de Pomerode que aprendeu a fazer a “pílula do câncer” com o pesquisador Gilberto Orivaldo Chierice, que ganhou notoriedade pelos estudos sobre a substância conduzidos no Instituto de Química de São Carlos da Universidade de São Paulo (USP). Há cerca de um ano, a imprensa divulgava a prisão de Witthoeft, por produzir a “pílula do câncer”, em casa, sem autorização. As cápsulas teriam sido entregues gratuitamente a diversas pessoas, não só para o tratamento contra o câncer, mas de outras enfermidades.

A audiência pública deve contar com a presença da deputada estadual Ana Paula Lima (PT), presidente da Comissão de Saúde da Alesc. Estão sendo convidados para o debate representantes de órgãos públicos municipais e estaduais, de entidades empresariais e da sociedade civil, das instituições de ensino superior do município e dos três hospitais de Brusque. A Câmara também providenciou o envio de convites às prefeituras e câmaras municipais de Guabiruba, Botuverá, Gaspar, Blumenau, Itajaí, Canelinha, São João Batista, Nova Trento e Tijucas.

Confira a seguir o requerimento da vereadora, na íntegra:

CONSIDERANDO: todo o debate em torno da fosfoetanolamina, que ficou conhecida como a ‘pílula do câncer’;

CONSIDERANDO: que até o momento a efetividade do medicamento carece de comprovação científica, em razão da falta de pesquisas oficiais;

CONSIDERANDO: a importância de fazer o quanto antes todo o processo de estudos e pesquisas científicas sobre o produto;

A Vereadora abaixo subscrita, com amparo regimental, requer a Vossa Excelência seja submetida à deliberação do Plenário desta Casa o presente requerimento para realização de Audiência Pública para debater sobre o tema.

Requer-se, ademais, que tal Audiência seja realizada em parceria com a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado, encaminhando-se a tal entidade solicitação para agendamento da data de realização do debate.

por Assessoria de Imprensa

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.