Unifebe Vargas Neni

Pesquisa do Observatorio Social mostra diminuição em gastos com diárias

Os dados foram levantados dos Portais de Transparência das Prefeituras de Guabiruba, Brusque e das Câmaras de Vereadores dos municípios

politica

 


Uma pesquisa feita pelo Observatório Social de Brusque (OSBr) mostrou um decréscimo no consumo de diárias de servidores públicos de Brusque e Guabiruba, comparado pelos anos de 2013 e 2014. Os dados foram colhidos por meio dos Portais de Transparência das prefeituras e Câmaras de Vereadores.

 

Como o mês vigente é outubro, foi necessário levantar as diárias de janeiro a setembro dos já citados. Os nomes verificados foram do prefeito de Brusque, Paulo Roberto Eccel, o vice-prefeito, Evandro de Farias, o prefeito de Guabiruba, Matias Kohler e seu vice, Valmir Zirke. Além dos presidentes da Câmara de Vereadores de Brusque e Guabiruba, Guilherme Marchwski e Waldemiro Dalbosco, respectivamente.

 

Em análise dos dois anos, os gastos com despesas de diárias de Paulo Eccel teve um decréscimo. Ou seja, em 2013 ele havia gasto R$ 9.892 em nove meses, e no atual ano utilizou de R$ 3.648, em o mesmo período.

 

Em 2014, Matias Kohler recebeu R$ 607,88, enquanto em 2013, o mesmo usou R$ 6.121,74 em ressarcimento de viagem.

 

As despesas com diárias são de direito do servidor público que, se for a serviço, pode ter que viajar para outra cidade, estado ou país, em caráter eventual ou temporário. Quando o servidor permanece fora de seu município sede, a diária pode ser paga inteira, permanecendo por mais de 12 horas ou pernoitar no destino. Quando o mesmo passar menos de 12 horas em outro local, ele terá direito de metade da diária. O valor das diárias não está sujeitos a nenhum tipo de desconto, e é destinado a cobrir despesas de pousada, alimentação e locomoção urbana. Se as viagens são realizadas com veículos oficiais e, quando de avião, as passagens aéreas são custeadas com recursos públicos não inclusos nas diárias, ou seja, as diárias servem apenas para estadia, refeições e deslocamentos internos na cidade de destino (táxi, metro ou ônibus). Confira as informações abaixo:

imagem

 

imagem 2

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.