Unifebe Brusque Vargas Têxtil

Observatório Social de Brusque apresenta sugestões ao presidente do Legislativo

Além das três propostas, o Observatório fez apontamentos na questão da transparência com os gastos do executivo;

DSC00937

Jean Pirola e Evandro Gevaerd –

Na tarde desta quinta-feira, 17, nas dependências da presidência do Legislativo, reuniram-se o Diretor Executivo do Observatório Social de Brusque, Evandro Gevaerd, juntamente com outros membros; e o presidente da Câmara de Vereadores, Jean Pirola (PP), acompanhados da imprensa local. O motivo do encontro foi a entrega de um documento com três sugestões para que a Câmara apresente como Projeto de Lei.

A primeira delas é que parentes em até terceiro grau de vereador eleito ou detentor de mandato, não possam assumir cargo comissionado na administração municipal durante sua legislatura.  A segunda é que o vereador eleito não pode ser afastar da Câmara para assumir cargo executivo municipal. A terceira e mais enfatizada trata-se da criação de uma Lei municipal para que a Câmara de Vereadores ofereça um curso sobre vereança para os futuros candidatos a vereador no município.

Gevaerd conta ao Olhar do Vale que estas ideias partiram a partir de pesquisas do OSBr de Brusque foram parar em Brasília no encontro nacional de observatórios sociais e foram muito bem recebidas. “Acreditamos que a atitude de empregar parentes é imoral. Não queremos julgar ninguém, mas precisamos colocar pessoas competentes e, de preferência, sem nenhuma ligação com os responsáveis por fiscalizar o executivo”, relata.

O Presidente da Câmara de vereadores, Jean Pirola (PP), acredita que estas sugestões são pertinentes e interessantes ao município e que vão de encontro ao cenário político atual do Brasil, onde tudo que se espera é mais transparência. “Irei passar para os demais vereadores, serão discutidos e num curto espaço de tempo estaremos trazendo as respostas tanto para o observatório, quanto para a sociedade”, afirma Jean.

Outra questão abordada por Evandro é o portal da transparência de Brusque. Gevaerd solicitou que, ao invés de um valor global de despesas com viagens, fossem introduzidos campos no site, especificando cada gasto, seja com almoço, transporte e outras que possam ser utilizadas.

por Fernanda de Freitas

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.