Unifebe Vargas PREFEITURA TEVAH

OAB Brusque e demais entidades se reúnem com prefeito e vice, eleitos para o mandato de 2017

Encontro ocorreu na noite desta segunda-feira;

Foto: divulgação -

Foto: divulgação –

Brusque – Na noite de segunda-feira, 21 de novembro, o prefeito e vice-prefeito de Brusque, Dr. Jonas Paegle e Ari Vechi, eleitos no dia 2 de outubro, estiveram reunidos com representantes de diversas entidades de Brusque. O objetivo do encontro foi levar aos futuros administradores do município algumas reivindicações, bem como colocar às entidades à disposição da Prefeitura para contribuir com o desenvolvimento e progresso da cidade.  Participaram do encontro, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – Subseção Brusque, Renato Munhoz; o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Brusque,  Michel Belli, e diretor de Relações Institucionais da Associação Empresarial de Brusque (ACIBr); o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Brusque (Sindilojas), Marcelo Gevaerd; o presidente do Sindicato da Indústria da Construção e do Mobiliário de Brusque, Guabiruba, Botuverá e Nova Trento (Sinduscon), Fernando José de Oliveira; e o presidente do Convention & Visitors Bureau de Brusque, Ademir Pereira.

Vereadores e cargos comissionados

Durante o encontro, foram feitos diversos pleitos a Paegle e Vechi, entre eles a solicitação da OAB para que, a exemplo de outras cidades de Santa Catarina, os vereadores eleitos para o próximo mandato não ocupem cargos de secretaria. “A sociedade confiou seus votos nessas pessoas, acreditando que elas seriam seus representantes na Câmara Legislativa e pudessem defender os interesses da sociedade, com as ideologias transmitidas durante as campanhas eleitorais. Por isso seria importantíssimo que houvesse um olhar diferente do poder público em relação ao tema. Além do que, com isso, acabaria a ‘moeda de troca’ junto aos poderes, a divisão de cargos com base em ideologias políticas e apadrinhamentos”, comentou na oportunidade Munhoz.

Outro pedido foi referente à diminuição de cargos comissionados no poder público, bem como para que para esses cargos sejam nomeadas pessoas efetivas, ou então profissionais com conhecimento técnico para a gestão dos devidos cargos. “Esperamos em breve sentar com o Legislativo, para também levarmos esses temas aos vereadores eleitos, para que a administração pública possa retomar o seu desenvolvimento, que está há tempo estagnado em nosso município”, completou o presidente da OAB-Brusque.

Demais assuntos referentes ao turismo, desenvolvimento econômico, comércio, saúde, infraestrutura, transporte e mobilidade, Área Azul, cultura, entre outros, também foram discutidos na oportunidade.

Aproximação

Para o prefeito eleito de Brusque, Dr. Jonas Paegle, o encontro foi proveitoso e além de aproximar a futura administração municipal com as entidades, também colaborou para o desenvolvimento de futuros projetos e ações para a cidade. “Foi uma interação de pensamento e idéias, que vieram somar com a nossa linha de pensamento também, e esse tipo de reunião deverá ser feita mais vezes com as entidades, para podermos desenvolver ideias e termos mais resultados, para construirmos uma Brusque melhor”, comentou.

Em relação às solicitações quanto aos cargos comissionados e as não-nomeações de vereadores para secretarias, o futuro prefeito de Brusque declarou ser a favor do pleito. “Não queremos dividir a prefeitura. Também concordamos que o lugar dos vereadores é na Câmara, representando as entidades, estudando e aprovando as leis, com base nas propostas de campanha. Além disso, é de suma importância indicarmos profissionais especializados em suas áreas para os cargos comissionados, para que cada setor tenha pessoas competentes. Foi muito importante essa colocação, para alinharmos com as nossas idéias e tudo o que foi  discutido aqui com certeza será analisado junto com as nossas estratégias e linhas de pensamento”, completou.

Da mesma forma, o vice-prefeito eleito, Ari Vechi, também avaliou o encontro e as discussões propostas de forma positiva, em especial pela aproximação com as entidades. “Ouvir as entidades, para juntos buscarmos melhores soluções para a nossa cidade voltar a crescer, é sempre muito bom. Queremos que Brusque tenha o lugar que merece, no cenário estadual e nacional, e acreditamos que com a união de classes e das entidades vamos fazer com que Brusque voltar a crescer”, completou.

Ao final da reunião, foi sugerido para que em 2017, os encontros entre as entidades representativas do município com o poder municipal tenham continuidade, periodicamente. “Que elas sejam feitas com os futuros administradores ou secretários das pastas específicas, para tratar sobre determinados temas”, completou o presidente da CDL Brusque, Michel Belli.

por Assessoria de Imprensa

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.