Unifebe Vargas PREFEITURA TEVAH

Moacir questiona funcionamento da Empav em Brusque

Vereador não concorda com a terceirização de empresas para asfaltamento de artérias municipais;

MOACIR

Foto: Portal ODV –

Brusque – Durante o uso da palavra na primeira sessão de 2015 na Câmara de Vereadores de Brusque, o vereador Moacir Giraldi (PT do B) criticou duramente o trabalho desempenhado pela Empresa Municipal de Pavimentação (Empav). De acordo com o legislador, é questionável a licitação de empresas terceirizadas para o asfaltamento de ruas consideradas artérias municipais, como a Felipe Schmidt e a Avenida Arno Carlos Gracher, tendo em vista que existe uma empresa municipal especialmente criada para tais fins.

Giraldi também duvidou da necessidade destas obras que estão em andamento em Brusque, já que existem ruas periféricas que estão em estado pior. “É uma incoerência do prefeito com a comunidade brusquense (…) que remendem, então, mas não é aceitável gastar tanto onde não precisa”, avalia.

Em aparte, porém, o agora líder do governo na Câmara, vereador Felipe Belotto (PT), contestou as afirmações de Moacir, dizendo que o principal campo de atuação da Empav são as pavimentações feitas em parceria com a comunidade, nas obras listadas no Orçamento Participativo. Sobre a necessidade ou não das obras em andamento, disse: “não somos o governo do remendo”.

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.