Unifebe Brusque Vargas Têxtil

Legislativo homenageia empresário Luciano Hang e delegado Alex Bonfim Reis

Eles foram agraciados pela Câmara, respectivamente, com as Comendas do Mérito Empresarial e Profissional

Foto: divulgação -

Foto: divulgação –

Brusque – A Câmara de Vereadores homenageou na tarde desta terça-feira, 28, o empresário Luciano Hang e o delegado de Polícia Civil Alex Bonfim Reis com a entrega de Comendas do Mérito Empresarial e Profissional, respectivamente. As homenagens foram propostas em requerimentos assinados pelos vereadores Jean Pirola e Norberto João Maestri, o Kito, e aprovadas em plenário.

“Muito nos orgulha fazer esta singela homenagem diante do que representa esta grandiosa empresa para o município, a região, o Estado e o Brasil. (…) Podemos falar da Havan com muito orgulho”, declarou Pirola ao enaltecer os 30 anos da loja de departamentos fundada por Hang, comemorados no último dia 26. “Até então, Brusque era conhecida como a cidade da Fenarreco, dos tecidos, do metalmecânico. Hoje, é conhecida como a cidade da Havan, e nos orgulha ter um empresário com a sua visão”, disse o vereador ao empresário.

“Ele escolheu Brusque para se instalar, viver e defender nossa cidade”, afirmou Kito ao elogiar o trabalho de Bonfim Reis à frente da Divisão de Investigação Criminal de Brusque (DIC). O parlamentar exaltou os esforços do policial no desempenho de suas atividades, com vistas à manutenção da integridade das pessoas de todos os níveis sociais e o parabenizou. “Que Deus possa sempre protegê-lo e acompanhá-lo nessa difícil missão de buscar segurança e tranquilidade para o nosso povo”, frisou Kito.

Hang

Hang, ao agradecer pela comenda, expressou satisfação em estar na casa legislativa para falar à comunidade sobre a Havan. “Os sonhos da gente, às vezes, são menores do que aquilo que conseguimos fazer”, disse o empresário ao relembrar o início do empreendimento que conta com 93 megalojas em 14 estados.

Ele também salientou aspectos do relacionamento da empresa para com seus funcionários – mais de dez mil pessoas, como o estímulo aos estudos e ao crescimento profissional. “Nesses 30 anos, do que mais me orgulho é do trabalho que fazemos com nossos colaboradores”.

Na oportunidade, Hang teceu elogios à cultura empreendedora de Brusque, mencionou o aprendizado adquirido junto a empresas como Buettner, Renaux e Schllösser, e comentou a respeito da sucessão na própria loja. “A Havan não depende de uma única pessoa. Eu sou apenas mais um dos dez mil colaboradores. Eu me coloco todos os dias como um dos colaboradores que acordam de manhã cedo para fazer o melhor (…). Precisamos conquistar todos os dias nossos clientes, colaboradores e fornecedores”.

“O brusquense nasce para trabalhar, nasce para empreender, para fazer as coisas cada dia melhor. Eu confio nessa cidade”, afirmou mais adiante. “Quero sempre levar gente de Brusque por cidades desse Brasil todo, porque temos uma cultura maravilhosa aqui: de fazer bem feito, cada vez melhor e encantar as pessoas”, acrescentou.

Foto: divulgação -

Foto: divulgação –

Bonfim Reis

“Nasci em São José do Rio Preto, São Paulo, mas me tornei brusquense, e não importa onde eu esteja assim vai ser, para sempre”, declarou Bonfim Reis. Ao se pronunciar sobre a homenagem, o delegado agradeceu às pessoas que o acompanharam em sua trajetória profissional, amigos, colegas de trabalho, conhecidos e especialmente à sua esposa. “É ela quem tem muita paciência. É com ela que convivo todos os dias. Também peço desculpas, muitas, porque quando meu telefone toca, nós dois acordamos. Toda vez que saio de casa, ela fica preocupada”.

Vivendo em Santa Catarina desde 2009, o homenageado contou que desde os tempos em que frequentava a Academia de Polícia já expressava aos conhecidos seu desejo de morar na cidade. “Não sabia por quê. Era instintivo, natural, como se algo estivesse impregnado em mim. Eu aceitei e, passado tanto tempo, não poderia estar em outro lugar. É esta a cidade que escolhi e onde encontrei amigos verdadeiros. Nem quando tento me afastar, ela se afasta de mim, por que tem uma loja da Havan há 300 metros da casa dos meus pais, em São Paulo, para me lembrar que ‘sou brusquense’”, afirmou Bonfim Reis em tom descontraído.

O dia a dia na delegacia, confessou, divide-se entre alegrias e frustrações. “A cada pessoa que entra para me pedir ajuda, sempre digo que não prometo resolver [o problema], pois se fizer isso, estarei mentindo, mas digo que vou me esforçar ao máximo para ajudá-la. Não interessa se é possível ou impossível, vamos fazer. Quando se trabalha assim, trabalha-se para a cidade, com a comunidade, para todos aqueles que precisam”, frisou o delegado. “É um exercício diário de dedicação, esforço, quase uma teimosia, de fazer mais do que é possível, mesmo diante de tantas adversidades.”

Foto: divulgação -

Foto: divulgação –

por Assessoria de Imprensa

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.