Unifebe Vargas TEVAH

Indústria da multa: Pirola pede solução para que pais possam deixar filhos pequenos nas escolas centrais

Pedido foi aprovado através de um requerimento e será enviado ao Poder Executivo;

Foto: Câmara -

Foto: Câmara –

Brusque – Requerimento protocolado na Câmara de Vereadores pelo presidente da casa, Jean Pirola (PP), na noite desta terça-feira (15), sugere ao Poder Executivo Municipal que realize um estudo de viabilidade com o fim de que seja liberado algum tempo para que os pais parem seus veículos e deixem seus filhos pequenos embarcarem ou desembarcarem em locais proibidos próximos das escolas São Luiz e Cônsul Carlos Renaux.

Isto, pois em sua visão, nesses locais ocorre uma verdadeira indústria da multa realizada pela Guarda de Trânsito de Brusque (GTB), nos horários de início e término das aulas. “São colégios centenários em locais centrais da cidade. O município acabou crescendo ao redor desses colégios de se ter um estacionamento grande e amplo para que as pessoas, pais e professores, possam deixar e buscar seus filhos pequenos”, relatou

Apesar de o requerimento ter sido aprovado em unanimidade, os veradores Valmir Ludvig (PT), Edson Ruben Muller (PP) e, também, José Zancanaro (PSD), subiram a Tribuna para discutir a matéria legislativa, ressaltando que as demais escolas particulares e, também, públicas, da rede estadual e municipal, têm de ser contempladas por esta ação. E não apenas o São Luiz e o Cônsul Carlos Renaux.

“Eu sou favorável. Mas a ideia, neste momento, foi em virtude de um pedido realizado pelas escolas centrais da cidade, que tem creche e que vem sofrendo com essa quantidade de multas. Nós não vemos essa quantidade de aplicações em outros locais da forma como vemos no Cônsul e no São Luiz. Esse foi minha ideia de se fazer um estudo para saber o que podemos regulamentar, modificar, para que os pais não sofram mais as multas que vem sofrendo no dia a dia”, finaliza.

por Wilson Schmidt Junior

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.