Unifebe Vargas TEVAH

Giraldi culpa Dilma pela não abertura de UPA 24 horas

Além disso, vereador também voltou a criticar a Casa de Passagem;

Foto: Câmara -

Foto: Câmara –

Brusque – Durante o seu pronunciamento na sessão da Câmara de Vereadores realizada nesta terça-feira (15), o vereador Moacir Giraldi criticou duramente o Governo Federal, liderado pela petista Dilma Rousseff. Para ele, os brasileiros estão pagando a conta da ineficiência da chefe do Executivo e sua equipe de governo. Na Tribuna, ele relacionou tais mazelas a não abertura da Unidade de Pronto Atendimento 24 horas. “Ela cortou verbas da saúde e educação, com os 39 ministérios que tem. Tira de outros, mas não mexe na saúde. Não está vindo mais dinheiro. Por isso não vamos abrir a UPA”, afirmou.

Além deste assunto, o recorrente tema Casa de Passagem voltou à tona. Giraldi afirmou que os gastos com o abrigo que está prestes a ser fechado já foram reduzidos atualmente para cerca de R$ 50 mil, R$ 20 mil a menos do que à época do prefeito cassado Paulo Roberto Eccel (PT). Ele também voltou a falar que o local não serve para recuperar moradores de rua e viciados em drogas e álcool. Para tanto, ressaltou que a Prefeitura de Brusque está executando convênios com casas de reabilitação para, em breve, internar os que necessitam.

Por fim, ele também acusou a oposição de deturpar suas palavras, já que alguns o acusam de ser preconceituoso e contra os moradores de rua. “Somos todos iguais e todos merecem uma segunda chance”.

por Wilson Schmidt Junior

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.