Unifebe Vargas PREFEITURA TEVAH

Fornecimento de água e Correios: serviços precários são temas debatidos na Câmara de Guabiruba

Sessão ocorreu na noite desta terça-feira (24);

DSCF5214

Foto: Wilson Schmidt Junior –

Guabiruba – O assunto da qualidade da água fornecida pela Companhia Catarinense de Água e Saneamento (Casan) foi um dos principais abordados em mais uma sessão da Câmara de Vereadores de Guabiruba, ocorrida na noite desta terça-feira (24). A questão foi levantada durante o uso livre da palavra, pelo vereador Luciano Schlindwein (PP).

O pepista cobrou melhorias e solicitou que o prefeito Matias Kohler (PP) envie ofício ao presidente da empresa, Valter Gallina, a fim de indagá-lo sobre as promessas de ajustes feitas em setembro de 2014, durante sua visita ao município vizinho a Brusque. “Até agora não vimos nenhuma atitude ser tomada. E as melhorias que falaram que iam fazer?”, perguntou.

Felipe Eilert dos Santos (PT), presidente da casa, corroborou com as palavras do seu colega de bancada. Sugeriu, ainda, que os vereadores interessados visitem as obras prometidas pela Casan no ano que se passou, a fim de se observar e fiscalizar de que maneira os R$ 285 mil, também prometidos na ocasião da visita de Valter estão sendo investidos.

Concurso público

A demora das pessoas que passaram no concurso público realizado pela Prefeitura de Guabiruba em assumir seus cargos foi assunto de discussão por parte do peemedebista Haliton Kormann. Ele citou como exemplo a desistência de uma concursada em assumir o cargo de pediatra no município, o que trouxe o risco da cidade ficar sem um servidor do tipo. “Porque não podemos fazer de maneira mais rápida?”, indagou.

Em aparte, o vereador Waldemiro Dalbosco (PP) ressaltou que apesar de prejudicar a população, existe a legislação que diz que o aprovado em concursos tem até 30 dias para aceitar ou recusar a vaga. Depois desse período, se houver a recusa, um novo processo tem de ser feito. “A população é quem sai perdendo”, respondeu Kormann.

SC 420

DSCF5211

Foto: Wilson Schmidt Junior

O petista Felipe Eilert dos Santos criticou lembrou a ordem de serviço para a pavimentação da estrada da Serra do Moura, que liga Brusque a Canelinha. Santos não negou a importância da obra, porém, criticou o Deinfra e o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR), por não lembrar da SC 420, rodovia que liga Guabiruba aos municípios de Blumenau e Gaspar.

Quanto ao assunto, o democrata Nilton Rogério Kohler sugeriu a realização de uma audiência pública, a fim de que se discuta o traçado que a SC 420 teria, após pavimentada. Ele não concorda que a estrada passe pelo Centro. “Seria um verdadeiro caos”, classificou.

Correios

Kohler também tomou as dores da população guabirubense que, segundo ele, anda muito insatisfeita com o serviço prestado pelos Correios. Atrasos na entrega de faturas são as principais queixas. “Fiquei estarrecido com algumas informações que obtive. Dois funcionários dos Correios estão afastados por acidente. Até vieram duas pessoas para lhes substituir, mas eles não conhecem a região (…) a quantidade de gente que foi reclamar não é brincadeira! Tem que ser feito algo”

O democrata afirmou que a população deve procurar massivamente o serviço de defesa do consumidor (Procon), para que os vereadores tenham embasamento na hora de cobrar firmemente melhorias na prestação de serviços.

Ordem do Dia

Apenas uma matéria foi aprovada em regime de urgência especial. Trata-se do projeto de lei número 3/2015, que autoriza a concessão de incentivos fiscais ao microempreendedor individual (MEI).

por Wilson Schmidt Junior

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.