Unifebe Brusque Vargas Têxtil

Fechamento das contas da Prefeitura de Brusque é realizado

A atual gestão da Prefeitura de Brusque informou na manhã desta sexta-feira, dia 30 de dezembro, que realizou o fechamento das contas do ano de 2016;

Foto: divulgação -

Foto: divulgação –

Brusque – A atual gestão da Prefeitura de Brusque informou na manhã desta sexta-feira, dia 30 de dezembro, que realizou o fechamento das contas do ano de 2016. Deste modo, os futuros gestores do município receberão no primeiro dia de janeiro a administração pública com as contas equilibradas.

“O fechamento das contas da Prefeitura é uma situação a ser considerada muito positiva, uma vez que poucos municípios da região conseguirão encerrar o ano de tal modo. Em Brusque, a equipe trabalhou a fim de encontrar meios para que o fechamento fosse realizado”, destacou o secretário de Orçamento e Gestão e da Fazenda, Rogério Lana.

Vale mencionar que, no decorrer dos últimos seis meses do ano de 2016, iniciativas foram adotadas pelo governo municipal com o objetivo de reduzir custos e conter despesas, como a diminuição do número de cargos comissionados e alteração do horário de funcionamento da Prefeitura, visando economia de energia elétrica e de materiais de expediente.

“Essas medidas foram essenciais para o fechamento das contas de fim de ano. Caso não tivessem sido realizadas, dificilmente chegaríamos ao equilíbrio que apresentamos hoje”, salientou Lana, que também lembra que a atual gestão honrou com todos os acordos e obrigações com os servidores públicos municipais, como o reajuste salarial de 5,36%, o pagamento da segunda parcela do 13º salário e o salário do mês de dezembro.

Ainda de acordo com a equipe de governo, o Fundo de Assistência Social, a Fundação do Meio Ambiente, a Fundação Cultural, a Fundação de Esportes, a Fundação Zoobotânica e Ecológica, o Instituto Brusquense de Planejamento, o Fundo Municipal de Saúde, a Prefeitura e o Ibprev apresentam equilíbrio orçamentário e financeiro, tanto nos recursos vinculados como nos próprios.

É importante também mencionar que as entidades que não realizaram o pagamento integral dos credores possuem saldos financeiros em conta para honrar os pagamentos em datas posteriores.

A atual gestão também lembra que diversas serão as benfeitorias que poderão ter continuidade pelos futuros gestores, como, por exemplo, a rua Bulcão Viana.

por Assessoria de Imprensa

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.