Unifebe Vargas TEVAH

“Eles tinham medo de que algum deles mudasse de lado”, diz Ludvig sobre o voto aberto

Vereador falou com a reportagem de Olhar do Vale (ODV), logo após a sessão da Câmara desta segunda (27);

web_3827d184f586fc74497da03f1b27925c (800x533)

Foto: Câmara de Brusque –

Brusque – Ao final da sessão da Câmara de Vereadores de Brusque realizada nesta segunda-feira (27), a reportagem de Olhar do Vale (ODV) procurou o vereador petista Valmir Ludvig para comentar os dois assuntos mais relevantes da tarde: a desistência da chapa composta por Ingo Fischer e Juarez Piva, ambos do Partido Progressista e, também, a aprovação da Emenda do Voto Aberto, após segunda discussão e votação.

Para Ludvig, os únicos que devem comentar essa decisão são Fischer e Piva. “Não tive oportunidade de saber as razões a não ser aquelas que foram lidas quando eles apresentaram o requerimento. Penso que eles devem ter suas razões e é eles que devem dizer o porque. Da minha parte é isso”, disse. O edil ainda ressaltou que já existia a possibilidade de isso acontecer, por conta, supostamente, da insatisfação da dupla pepista com a abertura dos votos, votada e aprovada no legislativo.

Sobre a questão da emenda aprovada na Câmara.o petista novamente acusou os vereadores de situação de serem casuístas, ou seja, de agirem em vista de favorecer ou resolver o problema do grupo, sem levar em conta o bem das pessoas. “Eu também sou a favor do voto aberto, mas é oportunismo vim com essa conversa mole de que ‘tem que escutar a população’. Não se escutou a população em outras oportunidades. Eles tinham medo de que algum deles viesse para o outro lado. E foi só por isso que nós votamos contra a emenda”.

por Wilson Schmidt Junior

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.