Unifebe Vargas Câmara

“Diretas, já!”: vereadores governistas protocolam novo projeto de emenda

Minuta foi lida e baixada para as comissões de legislação;

Foto: Câmara de Brusque -

Foto: Câmara de Brusque –

Brusque – Após lutarem pela abertura dos votos no caso de eleições indiretas no município de Brusque, os vereadores de situação querem, agora, abolir o voto indireto. Para a medida se tornar realidade, o bloco composto pelos governistas Moacir Giraldi (PT do B), Dejair Machado (PSD), Alessandro Simas (PR), José Zancanaro (PSD), Jean Pirola (PP), André Rezini (PPS) e Guilherme Marchewsky (PMDB) protocolou mais um projeto de Emenda à Lei Orgânica do Município, propondo, novamente, a alteração do artigo 76.

O texto atual, recentemente modificado, prevê voto indireto aberto em caso de vacância no Executivo. Se a nova emenda também for aprovada, a população brusquense é que irá para as urnas escolher o seu representante.

A oposição governista viu com ironia e sarcasmo o projeto protocolado na Câmara e baixado para as comissões de legislação. Exemplo foi a petista Marli Leandro que sugeriu que alguns colegas seus estão brincando, quando deveriam estar legislando em prol da população. Ela voltou a repetir, por mais de três vezes, o famoso jargão, utilizado em várias discussões nos últimos tempos. “Está mais uma vez se mudando a regra no meio  do jogo”, disse ela, seguida de seu companheiro de partido, Claudemir Duarte (Tuta). A afirmação, porém, contradiz o que disse Valmir Ludvig (PT) em sessões passadas, quando ele ressaltou que se fosse para fazer uma mudança, que fosse feita logo a do voto direto.

Dejair Machado a repeliu. Segundo o pessedista, a proposta é apenas para se adequar à Constituição Federal. “Até mesmo o ministro Dias Tóffoli repudiou a Lei Orgânica do Município por ainda não estar adequada”, ressaltou.

por Wilson Schmidt Junior

Publicado por Olhar do Vale

Avalie essa notícia

Os comentários serão analisados pelo editor do site e podem ser excluidos caso contenham conteúdo discriminatório, calunioso ou difamador. O nosso objetivo é promover a discussão de ideias entre os internautas. Esteja ciente que comentando aqui você assume responsabilidade pela sua opinião.